Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Paulo Costa quer trs pontos

Antnio Flix - 19 de Setembro, 2016

entrada do dcimo jogo hoje o Libolo conseguiu cinco empates e cantou cinco vitrias e certamente no querer quebrar

Fotografia: Jornal dos Desportos

O técnico João Paulo Costa sabendo que o líder 1º de Agosto ontem em Ndalatando" passou" pelo Porcelana com vitória, por 1-2, hoje às 15h00 em Calulo, desce ao relvado com os seus pupilos, frente aos estudantes do Lobito, com a determinação de não ficar distante, mas também, com uma verdade a não descurar. Ele próprio reconheceu há dias quando à  saída do seu último empate (0-0),diante do 4 de Abril do Cuando Cubango  para a vigésima terceira jornada do Girabola Zap, que o  campeonato está bastante equilibrado.

 “Estamos todos conscientes que cada vez mais o campeonato está equilibrado, qualquer equipa pode perder a qualquer momento, mas acredito na capacidade do grupo em lutar pelos três pontos em todos os jogos em que estiver envolvida”, disse na altura.O orgulho de Paulo Costa é que, à entrada do décimo jogo hoje no seu reduto e diante do seu público, o Libolo conseguiu cinco empates e cantou, alegremente, cinco vitórias e, certamente, não quererá quebrar esta invencibilidade, quando receber Académica, para a conclusão da vigésima quarta jornada.

As vitórias em casa foram, nomeadamente, para o cartaz  Libolo-ASA (4-0); Libolo-Benfica de Luanda(1-0), Libolo Desportivo (1-0); Libolo-Progresso da Lunda-Sul( 2-1) e Libolo-1º de Maio(3-0).As repartições de pontos foram conseguidas nos emparceiramentos Libolo-Kabuscorp (1-1), Libolo 4 de Abril (2-2), Libolo-Progresso do Sambizanga (2-2), Libolo-Petro de Luanda (1-1) e Libolo-1º de Agosto (0-0).

O treinador campeão considera que a sua equipa tem de ser, daqui em diante, suficientemente audaz no que toca à finalização bem como na defesa para melhorar a estatística nestes dois sector, pois, a jogar em casa  só marcou dezanove (19) golos e sofreu seis( 6).Fora de portas concretizou dezasseis (16)  e consentiu onze (11). Tem assim, no total, até agora, 38 marcados e 20 sofridos.

Por esta razão João Paulo Costa não esconde as aspirações da sua equipa bater-se para revalidação do título, porque acha que ainda não estão comprometidas, de modo que hoje, em Calulo recebe, com muita  confiança na vitória os estudantes e, em caso de vitória, ter a equipa mais galvanizada para as outras seis jornadas que restarem.

De resto, se no Cuando Cubango o técnico João Paulo e seus rapazes dizem que só empataram porque o jogo foi difícil devido às alegadas razões de altas temperaturas (cerca de 34 graus), mau estado do relvado, mas hoje, em casa, sabem que têm de fazer tudo para manter a "tradição" de esta não anotar derrota algum em Calulo.