Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Paulo Srgio faz hoje estreia

Melgas-Luenas - 27 de Fevereiro, 2016

Paulo Srgio dedicou nove dos seus 29 anos de idade, na carreira da arbitragem

Fotografia: Arimatia Batista

Pela primeira vez na história do futebol da província do Moxico, um árbitro vai estrear-se a apitar no campeonato nacional. Trata-se de Paulo Moreira, juiz que ascendeu este ano à primeira categoria nacional.

Aguardado com alguma ansiedade, o baptismo acontece no jogo Progresso da Lunda Sul - ASA, amanhã às 15h00 no Estádio das Mangueiras e vai ser coadjuvado pelo seu conterrâneo Segunda Chisseque e Infante Pedro, de Luanda.

“Agradeço ao Conselho Central de Árbitros por apostar em mim, em função das minhas qualidades e o trabalho que realizei ao longo da época finda.
Foi graças a vontade, dedicação, espírito de responsabilidade, empenho, determinação e profissionalismo que estou na arbitragem”, afirmou.

Habituado a trabalhar sob pressão, depois de ter ajuizado jogos decisivos da segunda divisão, Paulo Sérgio espera cumprir e fazer cumprir apenas os regulamentos de jogo com imparcialidade, no entrosamento com os “seus” assistentes, boa forma física, disciplina e pedagogia.  Filho de um antigo árbitro “provincial” na década de 80 (Carlos Moreira), confessou numa das edições do Jornal dos Desportos estar a viver momentos de sonho na carreira e pretende atingir a categoria de árbitro FIFA.

 “Este é um dos momentos mais felizes da minha carreira. Desde que recebi a notificação da FAF em reconhecimento ao meu trabalho e que foi o culminar de um sonho de nove anos de batalha, agradeço mais uma vez o Conselho de arbitragem na pessoa do seu presidente Muluta Prata e do “vice” Belmiro Carmelino, por terem apostado em mim”, reconheceu.

Paulo Sérgio dedicou nove dos seus 29 anos de idade, na carreira da arbitragem, no qual cinco na categoria provincial e quatro como árbitro de segunda divisão.

Por imperativo de programação, o mais novo juiz falhou na ronda inaugural, porém e por sorte, quis o destino que o árbitro do Moxico apitasse o jogo que se pode considerar em casa, uma vez que Moxico faz parte da região leste, integrada ainda por Lunda Sul, (palco do desafio) e Lunda Norte.