Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Paulo Torres elogia atletas

25 de Agosto, 2018

Fotografia: Vigas da Purificao

Com a terceira posição assegurada, o treinador do Interclube, Paulo Torres, considerou de positivo a postura da sua equipa em campo, com destaque para os primeiros quarenta e cinco minutos, em que considera terem sido superiores, apesar da derrota em casa.
\"Foi um jogo com duas partes distintas. Na primeira, a minha equipa foi fantástica, não só com bola mas também sem bola. Faltou-nos apenas  concretizarmos os nossos objectivos. Era importante marcamos um golo na primeira parte, pois sabíamos que, na segunda, o Petro jogaria de outra forma\", comentou.
O técnico dos polícias admitiu, que a saída de Mano Calesso, por lesão, enfraqueceu o ataque da sua equipa e permitiu o crescimento ofensivo dos tricolores. \"A perda do Mano, o nosso melhor marcador, facilitou o adversário\", avaliou.
Paulo Torres afirmou que sofreram um golo contra a corrente do jogo, o que terá influenciado no desenrolar da partida. \"Acabamos por sofrer um golo, que foi como um soco no estômago. A partir daí, sentimos alguns problemas na ligação dos sectores\", examinou.
O técnico avançou, que a sua equipa ainda tem muito que trabalhar para continuar a fazer bons resultados, contudo minimizou o desfecho do último jogo oficial, realizado na sua própria casa. 
\"O que posso dizer é que foi uma tarde de bom futebol, onde quem viu pela televisão divertiu-se muito com a qualidade patenteada pelas duas equipas\", disse Paulo Torres.