Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Paulo Torres vence duelo no reencontro com ex - equipa

Paulo Caculo - 05 de Novembro, 2018

Palanquinos levaram a melhor sobre os polcias no drbi da jornada

Fotografia: Kindala Manuel | Edies Novembro

O técnico Paulo Torres conquistou, no sábado, o primeiro triunfo ao serviço do Kabuscorp do Palanca, no jogo com o Interclube, que se disputou no Estádio dos Coqueiros,  referente à segunda jornada da presente edição do Girabola Zap.
O desafio marcou o reencontro entre o treinador português e a sua antiga equipa (orientou na época passada), acabou por vencer o duelo com os polícias, mercê da vitória, por 2-1, com bis do congolês democrático Etekiama Teddy.
O reforço “de luxo”,  que Bento Kangamba foi buscar ao Vita Club de Kinshasa, voltou a confirmar a relação íntima que mantém com as balizas contrárias, marcou  os dois golos do jogo, aos 24 e 76 minutos,  o primeiro, após uma “oferta” do guarda -redes Landu, o segundo,  na sequência da marcação de um penálti.
O atleta tinha marcado o golo do Kabuscorp,  no empate averbado na deslocação ao terreno do Cuando Cubango FC, na jornada inaugural do campeonato. Com o bis rubricado no sábado, o médio ofensivo soma três golos,  na liderança dos goleadores do Girabola Zap.
Apesar do triunfo sorrir  aos palanquinos, o desafio pautou-se  por um equilíbrio inicial, com a formação da “polícia” a adiantar-se no marcador, por Filipe,  aos três minutos, na sequência de uma jogada de insistência, que apanhou desprevenido o adversário. O golo não abalou a estrutura psicológica do Kabuscorp do Palanca, que passou a “assediar” com mais frequência o reduto defensivo do Interclube, de tal forma, que Landu veio a cometer uma falha clamorosa, ao oferecer a bola ao médio Etekiama.
A segunda parte foi mais interessante,  para tal, contribuíram  as mexidas efectuadas pelos técnicos. Silva , cedeu o lugar a Kinito, Lucas rendeu Glaúcio e Dasfá substituiu Stelvio, no Interclube, ao passo que no Kabuscorp,  Balakai, Cabibi e Água Doce renderam, Lami, Amaro e Magola.
Devido a enorme pressão exercida sobre o último reduto do Interclube, foi com alguma naturalidade que o Kabuscorp chegou ao segundo golo, na sequência da cobrança de um penálti, com petentemente convertido por Etekiama. No final da partida,  o treinador dos palanquinos, Paulo Torres, louvou a dedicação da equipa pela reviravolta, considerou exemplar o comportamento do grupo, enquanto que do  lado dos polícias, Rui Garcia disse que a derrota da sua equipa deveu-se a erros defensivos, numa altura em que tinham o jogo controlado.