Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Petro afina estratégia para o Santa Rita

Paulo Caculo - 17 de Outubro, 2017

Tricolores realizam esta manhã no Catetão a última sessão de treinos antes do jogo de amanhã

Fotografia: Vigas da Purificação | Edições Novembro

Com os objectivos focados no acesso à meia-final da Taça de Angola, a segunda maior competição do calendário da Federação Angolana de Futebol (FAF), a equipa do Petro de Luanda encerra hoje, às 9h00, o ciclo de preparação tendo em vista a recepção ao Santa Rita de Cássia FC do Uíge, em jogo da segunda mão dos quartos-de-final, agendado para amanhã, às 16h00, no estádio 11 de Novembro.
Em vantagem na eliminatória, mercê da vitória conquistada no embate da primeira mão, por 2-1, no estádio 4 de Janeiro, os tricolores acreditam terem criadas todas as condições susceptíveis de garantir a qualificação, bastando que para tal conservem o domínio que ostentam neste confronto directo com o conjunto \"católico\".
Exercícios de movimentação colectiva e individual, consubstanciado na armação da estratégia ofensiva e defensiva deve dominar a derradeira sessão de treino dos tricolores, no Catetão. Deste treino, deverá ficar claro a forma como o Petro vai abordar este embate com o Santa Rita.
Tal como já nos habituou,  Beto Bianchi pode privilegiar nesta preparação os trabalhos de circulação, passe e troca de bola, com destaque para as jogadas combinadas e os ensaios de rápida transição ofensiva. A cobrança de livres e de pontapés da marca da grande penalidade é outro dos aspectos que deve fazer parte da preparação dos tricolores.
Após o treino, o treinador Beto Bianchi vai fazer em conferência de imprensa a antevisão ao jogo com o Santa Rita. O responsável técnico dos tricolores volta a estar disponível aos jornalistas para avaliar e antever as possibilidades de conquista dos objectivos neste desafio derradeiro dos quartos-de-final da Taça.
À semelhança do que já se tornou habitual nos seus discursos, o técnico do Petro pode, ainda, reafirmar a ideia de que aguarda por um jogo difícil e complicado para ambos os conjuntos, apesar de que a equipa joga em casa e diante dos seus adeptos. Beto Bianchi tem sido apologista de que todos os adversários merecem respeito do Petro de Luanda, independentemente da sua qualidade futebolística e histórico nas competições em que estão envolvidos.
O facto da equipa vir de uma importante vitória no Girabola Zap, 2-0 sobre o FC Bravos do Maquis, deverá merecer igualmente uma abordagem do técnico, sobretudo em relação às vantagens que poderá produzir para os seus jogadores em termos anímicos, já que os tricolores voltam a partilhar a liderança com o rival 1º de Agosto.          
PC