Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Petro atento ao Sagrada Esperança

10 de Outubro, 2013

Petro de Luanda persegue o ciclo de vitórias no jogo da 27ª jornada diante do Sagrada Esperança

Fotografia: Jornal dos Desportos

A equipa do Petro de Luanda está atenta às exibições realizadas pelo Sagrada Esperança na temporada 2013, daí querer ofuscar o brilho do Sagrada Esperança da Lunda-Norte, no desafio do próximo domingo, às 16h00, no Estádio 11 de Novembro, referente à 27ª jornada do Girabola.

Separados na tabela de classificação por cinco pontos (44/39), com vantagem dos diamantíferos na quarta posição, os petrolíferos reconhecem que vão ter diante de si um adversário moralizado, em função do objectivo traçado no início da época, que é ficar nos lugares cimeiros, mas preferem concentrar-se na preparação para este desafio.
Os tricolores seguem os diamantíferos na classificação mas ainda estão distantes das metas traçadas pela direcção. Isso vai servir de tónico aos jogadores para enfrentarem os lundas, num jogo em que o factor casa, pode influenciar de forma positiva para chegarem à vitória.

O técnico José Dinis prepara uma equipa ofensiva em que nos treinos a circulação de bola rápida e a finalização têm sido determinantes. O golo marcado por Flávio Amado na jornada anterior, frente ao Recreativo do Libolo, deixa o avançado numa posição privilegiada para regressar à titularidade na equipa tricolor. O oitavo golo marcado no Girabola comprova a utilidade no conjunto às ordens de José Dinis.

Flávio Amado enfrenta a forte concorrência dos senegaleses Keita e Traoré, que também têm dado “dores de cabeça” à equipa técnica.

No treino de ontem de manhã, realizado no Catetão, os tricolores não descuraram o sistema defensivo, pois os diamantíferos jogam constantemente ao ataque, sempre com ambição de ter a posse de bola.

Enquanto isso, Etah e Borges podem voltar a formar a dupla de centrais, com Edie numa das laterais, o outro lateral pode ser Cassoma ou Mabiná. Ao meio campo também se assiste uma grande disputa, mas de princípio não há grandes mudanças, tal como a permanência de Jotabé entre os postes.


Adeptos morrem
devido ao clássico

O Petro Atlético de Luanda está de luto. Dois adeptos da equipa de futebol morreram em consequência do jogo realizado no passado dia 29 de Setembro, diante do 1º de Agosto, referente à 25ª jornada do Campeonato Nacional da Primeira Divisão, Girabola.

Num comunicado enviado ontem à Redacção do Jornal dos Desportos, a direcção do  clube lamenta o sucedido e condena que tais situações ainda aconteçam no desporto nacional.
“Chegou-nos a informação de que dois adeptos do nosso clube, um deles de nome Domingos Manuel (membro da claque do Catinton) perderam a vida (um agredido no Estádio 11 de Novembro e outro em sua própria casa), em sequência do jogo de futebol realizado, entre a nossa equipa e do 1º de Agosto, a contar para o Girabola 2013 por causa de atitudes, que veemente condenámos, de elementos que não entendem qual o valor social do desporto na nossa sociedade”, diz o documento assinado por Paulo Jorge, director do Gabinete de Mobilização e Organização de Jogos e Imagem.

Os tricolores manifestam o desejo dos adeptos conviverem na diversidade de todos os ramos da sociedade, de forma a evitar que actos do género sucedam e aproveitam a ocasião para endereçar os mais profundos sentimentos de pesar à família enlutada. “É nosso desejo que os adeptos e simpatizantes aprendam que temos de conviver na diversidade, seja política, religiosa, étnica e particularmente desportiva”.