Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Petro de Luanda prepara com cautela jogo da Taa

Jorge Neto - 24 de Julho, 2009

O jogo da Taça de Angola, partida que têm um cariz diferente em relação ao campeonato nacional, está a ser encarado pela equipa do Petro de Luanda com todo o cuidado para não serem surpreendidos pelo Bravos do Maquis, adversário dos oitavos-de-final.
Com um jejum de seis anos, desde 2002 que os petrolíferos não festejam a conquista da segunda maior prova futebolística nacional, quando derrotaram na final a formação do Desportivo da Huíla, por três bolas à zero; os tricolores pretendem acabar com a “seca” de títulos nesta competição.

Os pupilos de Bernardino Pedroto têm todas as atenções virados para o desafio do próximo domingo, daí que na preparação diária, a determinação e a entrega dos jogadores para suplantarem o adversário tem sido a tónica dominante. Ontem, a equipa realizou mais uma sessão técnica e táctica.

Apesar de estar a liderar o Girabola, com larga vantagem, os tricolores estão há dois jogos sem ganhar, uma situação que querem inverter na Taça de Angola, isto é, vencerem os maquisardes para continuarem a perseguir o objectivo de conquistar o troféu.

Com a excepção do médio ofensivo Day Day que continua a trabalhar limitado, o conjunto apresenta-se em boas condições físicas e atléticas para defrontar a equipa orientada por João Machado, um adversário aguerrido e muito difícil.

Apesar de ser uma partida referente à Taça de Angola, é importante realçar que os maquisardes estão com um desempenho positivo no Girabola, onde em casa apenas perderam uma vez e fora de portas alternam os empates com derrotas. Todavia, este desafio, joga-se no estádio da Cidadela, casa dos petrolíferos, em que na primeira volta do campeonato, não conseguiram mais do que uma derrota.

Hoje, às 15h30, os tricolores voltam à carga, no seu habitual campo de treino, o Complexo Desportivo Demóstenes de Almeida, onde a componente técnica e táctica vai marcar os trabalhos. A correcção do posicionamento, tanto ofensivo como defensivo, a construção de jogadas ofensivas e a finalização vão dominar a sessão de treinos.