Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Petro motivado para o jogo com Cala

Edvaldos Lemos - 05 de Outubro, 2019

Vice -campeo quer ganhar calenses na abertura da stima jornada

Fotografia: Edies Novembro

O treinador do Petro de Luanda, Toni Cosano, promete alinhar esta tarde, no Estádio Mártires da Kanhala, no Huambo, um "onze" competitivo para o desafio com o Recreativo da Caála,  com a missão de conquistar a vitória. Ou seja, o treinador espanhol almeja desforrar-se da derrota do ano passado, no mesmo palco, durante a estreia no Girabola Zap.
"Foi na Caála, no ano passado, na minha estreia como treinador no Girabola, perdemos o jogo. A intenção é voltar lá, desta vez, para fazer um bom jogo, conseguir uma vitória sobre a equipa que foi causadora da derrota na minha estreia no Girabola\", referiu. Com Manguxi ausente há dois jogos, com  problemas físicos, Toni Cosano não conta no jogo desta tarde, na Caála, com o central Wilson, que se encontrar lesionado. O treinador informou ao Jornal dos Desportos, no Catetão, que o defesa tem um problema na virilha. 
"O Wilson tem um problema na virilha e não consta da lista dos convocados, é um bom central, motivador de balneário, gostaria contar com ele neste jogo, mas não temos tudo sob nosso controlo", garantiu.
O treinador não adiantou o nome do substituto de Wilson, para o jogo desta tarde, apenas garantiu que tem jogadores à altura, para ocupar a vaga.
"A equipa está preparada para contrapor a ausência de qualquer jogador, todos estão bem nas suas posições, já sei quem vai sair de inicio", garantiu.
O treinador disse que vai manter confiança mais uma vez em Herenilson, que esteve de fora dos convocados, durante três jogos,  regressou aos convocados na terça-feira, na vitória (2-0) frente ao Santa Rita de Cássia, no Estádio do 11 de Novembro, no prosseguimento da 6ª jornada,  negou ter sofrido influências de outros jogadores para não convocar o médio.
"O Herenilson entrou na convocatória para o jogo, depois vamos ver, somos uma equipa de nome, em que todos estão a trabalhar bem. Tenho respeito pelo médio Além, que também joga nesta posição, nunca sofri influência de jogadores para não convocar. A única influência que eu recebo é do Flávio, nunca de jogadores, e se for problemas físicos falo com o preparador físico, é impensável que eu possa receber influência de um jogador", disse