Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Petro pretende retomar a liderança

Betumeleano Fer?o - 16 de Setembro, 2017

Vigésima quinta jornada do campeonato abre hoje à tarde com cinco jogos

Fotografia: M.Machangongo | edições novembro

O Petro de Luanda e o Interclube podem reajustar esta tarde o passo em falso da jornada passada diante de adversários bem acessíveis, Académica do Lobito e JGM do Huambo, para a 25ª ronda do Girabola Zap. Quer tricolores, quer polícias, têm planteis competitivos demais para fazer prevalecer a lei do mais forte, mesmo que os seus oponentes dêem tudo de si para evitar a derrota.

Com chances de reassumir a liderança, embora de maneira provisória, o Petro está proibido até de empatar com a Académica do Lobito no jogo que começa às 16h00 no 11 de Novembro. Um resultado que não a vitória pode significar o princípio do fim para os tricolores, ainda mais porque são capazes de dar uma motivação extra para o 1º de Agosto, que joga amanhã, se voltarem a desperdiçar pontos.

Sem o castigado Beto Bianchi no banco de suplentes, o técnico vai cumprir um mês de suspensão, o Petro de Luanda tem de fazer das fraquezas forças para reacender a chama do título diante de um adversário que vem a Luanda para tentar surpreender, de preferência no contragolpe, porque não tem as mesmas armas competitivas.

O Petro de Luanda tem diante de si vários caminhos para chegar à vitória, ninguém vai decidir pela equipa, mas é ponto assente que um percurso mais curto e sem grandes obstáculos é o ideal. Isso significa que os tricolores têm de mudar de postura, não podem adoptar uma atitude de espera porque a demora em pegar no jogo pode atrasá-los ainda mais na corrida pelo título.

A Académica do Lobito sabe do estado de espírito do seu adversário, mas parece pouco provável que vai aceitar abrir da sua identidade para tirar bom proveito da enorme pressão em que se encontra o irmão mais velho. Um ponto chega e basta para aumentar o orgulho estudantil, mas ninguém pode proibir a equipa forasteira de aspirar algo mais do que um mísero ponto.

A precisar de uma vitória, o Interclube tem no sorteio um bom aliado para voltar a sorrir quando terminar o jogo com o modesto JGM. O jogo começa às 15h00, no 22 de Junho, mas antes mesmo da bola rolar é consensual que os donos de casa vão somar e seguir, contra um adversário ameaçado de descer de divisão.

Os polícias nem sempre são implacáveis contra adversários bem acessíveis, mas esta tarde a obrigação é diferente, a equipa está condenada a lavar a cara sob risco de se colocar numa posição indelicada, por desperdiçar pontos, considerados ganhos, na teoria.

A permanência é a meta pela qual luta agora o JGM, as chances de ficar no Girabola Zap são muitas e poucas ao mesmo tempo, pois o primodivisionário sabe que depende de uma série de factores para evitar a descida de divisão. Agarrado à esperança e a matemática, a equipa do Huambo já vai ficar satisfeita se não perder, o empate serve bem para os objectivos mas apenas a vitória tem como fazer com que o JGM mantenha o foco na permanência.



PETRO DE LUANDA
Elio e Mateus apontados no “onze”

A convocação do médio Mateus e do central Elio representa a principal novidade do conjunto às ordens de Beto Bianchi para o jogo  de hoje, às 16h00 no Estádio 11 de Novembro, diante da Académica do Lobito e referente à 25ª jornada do Girabola Zap. Os dois jogadores estiveram ausentes, no desafio frente ao 1º de Agosto, na jornada anterior, por razões de lesões.

Contribuiu para a rápida reintegração dos jogadores, o facto de Wilson e Maludi estarem indisponíveis, por lesão e castigo federativo, respectivamente.

Durante a semana de preparação, o médio e o defesa central estiveram a treinar no grupo de prováveis titulares. Com a possível integração no "onze", Beto Bianchi pode alinhar uma dupla de centrais pouco habitual no Petro, formada por Elio e Abdul.

As ausências de Wilson e Maludi na lista de convocados de Bianchi, forçam o treinador a efectuar novas mexidas no "onze" que hoje entra a jogar com a Académica do Lobito.  Entretanto, não são apenas as lesões que obrigam o Petro a alterações sucessivas nos titulares. A acumulação de cartões amarelos, é outra razão, que leva o responsável técnico dos tricolores em busca de outras soluções  para o plantel.

De acordo com o que deixa transparecer nas sessões de treino, o treinador do Petro pode continuar a ter confiança em Gerson na baliza, o guarda-redes deve ser apoiado por Elio e Abdul no eixo defensivo, enquanto nas laterais Mira deve jogar na esquerda, ao passo que Ariclene pode  ocupar-se do corredor direito.

No meio -campo, Herenilson e Carlinhos devem ser os médios mais recuados, ao passo que na sua frente alinham Manguxi, Job e Diney. O ataque volta a estar às ordens do goleador Tiago Azulão.
                                  PAULO CACULO



BETO BIANCHI
“Cada jogo tem a sua história”


O técnico do Petro de Luanda, Beto Bianchi, considera que a história do jogo de hoje frente a Académica do Lobito, pode ser diferente da verificada diante do 1º de Agosto. O hispano -brasileiro admite enfrentar um desafio complicado, sobretudo, pelo facto do adversário vir de uma vitória.

"Imagino, cada jogo tem a sua história, e este jogo com a Académica tem a sua diferença em relação àquele que fizemos com o 1º de Agosto. A Académica também tem atributos, vem de uma vitória. Conheço vários jogadores deles, e como todos os jogos do Girabola, será mais um jogo complicado e muito difícil", disse.

Beto Bianchi acrescentou, ainda, haver razões para acreditar no regresso ao triunfo, neste embate com os estudantes. Garantiu, que a equipa trabalhou bem durante a semana, não existem receitas para se ganharem os jogos, que não seja o trabalho.

"O segredo está no trabalho, dedicação e honestidade. Só com o trabalho é que os resultados surgem, por isso, é que estamos a ter um bom percurso, à excepção da derrota diante do nosso principal adversário. Entretanto, estamos a um ponto do líder, e existem 18  pontos por conquistar ainda", sublinhou antes de finalizar: 
"Acho, que as dificuldades para a nossa equipa, serão iguais às dos restantes adversários. Quem somar mais pontos será campeão. Vamos tentar até ao final do campeonato, quebrar a vantagem do 1º de Agosto", prometeu Bianchi.                            PC