Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Petro tem lio preparada

Edvaldo Lemos - 11 de Maio, 2019

O treinador classificou, no entanto, como determinante, o estado psicolgico dos jogadores

Fotografia: Vigas da Purificao | Edies Novembro

O treinador do Petro de Luanda, Toni Cosano, devido à onda de lesões na equipa, está preocupado com limites dos centrais, quando está a pouco tempo do jogo com  a Académica do Lobito (amanhã, a partir das 17h00), no Estádio Nacional 11 de Novembro, para a 29º jornada do Girabola Zap/2018/19.

"Mira será submetido a uma avaliação no joelho, devido um choque no último jogo contra o Libolo.  Wilson e Musah estão descartados por dores musculares. Há três dias foi efectuada uma ecografia, que apresentou um quadro grave dos jogadores. Vamos buscar algum mecanismo, para ultrapassar esta situação", lamentou ontem o treinador, durante a conferencia de imprensa realizada Complexo Desportivo Demóstenes de Almeida "Catetão".

O treinador classificou, no entanto, como determinante, o estado psicológico dos jogadores e, por outro lado, não "escondeu" que anseia por uma escorregadela do líder, 1º de Agosto, que vai defrontar, igualmente amanhã, o Cuando Cubango, a mesma hora.

"O nosso objectivo é vencer, principalmente no nosso campo, mas é certo que precisamos de uma escorregadela do líder",  precisou Toni Cosano, tendo adiantado que pretende dominar o jogo durante os primeiros minutos, para ter todo o controlo e garantia de sair do campo com os três pontos .

Reconheceu que não é fácil jogar com Académica do Lobito e classifica o jogo de amanhã como mais uma prova complicada, para a conquista do campeonato, que tanto ambiciona.

"O jogo com Académica do Lobito é preocupante, é mais um que vem complicar as coisas. Quando o adversário está posicionado no meio da tabela, deixa-me mais preocupado. Não podemos cair no erro de estar relaxado. Jogaremos com responsabilidade e respeito", prometeu.