Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Petrolíferos reacendem a chama

Val?dia Kambata - 26 de Fevereiro, 2017

Petro redimiu-se da derrota da jornada passada e mantém perseguição aos líderes

Fotografia: M.Machangongo

Petro e Interclube protagonizaram ontem um dérbi à moda antiga. Emotivo, expectante, com muito suspance e marcado de forma negativa pelo trabalho do árbitro. As duas equipas procuraram sempre a vitória o que tornou ainda mais \'saboroso\' o duelo entre dois candidatos ao título.

As duas expulsões não tiveram influencia no resultado, pois, o desfecho estava praticamente consumado a favor da equipa orientada por Beto Bianchi, que foi eficaz e soube tirar proveito da desatenção do seu oponente.

Depois de uma primeira parte muito equilibrada com oportunidade de golos para os dois lados, mas com sinal mais para os visitantes, as duas equipas regressaram, após o merecido descanso com a mesma atitude e mostraram que conheciam bem os pontos fortes e fracos de cada uma.

Os tricolores mais ousados num lance polémico e que agitou os polícias, inauguraram o marcador por intermédio de Abdul que apareceu solto sem marcação a fazer funcionar o marcador aos 54\', a completar um cabeceamento de Tiago Azulão.

Em vantagem no marcador os petrolíferos aumentaram a chama e obrigaram o adversário a recuar, adoptando uma postura mais cautelosa, embora nunca tenha transparecido a ideia de que a partida estava decidida.

E quando menos se esperava num lance a prior inofensivo o Petro de Luanda ampliou o marcador com um soberbo golo apontado por Manguxi num remate colocado batendo o guarda-redes Neblú pela segunda vez.

O trio de arbitragem perdeu-se em campo ao ponto da dar dois cartões amarelo a Moco e esquecer de mostrar a cartolina vermelha, permitindo que o capitão dos polícias jogasse mais alguns minutos. José Álvaro que até a entrada da segunda parte esteve bem, manchou o seu trabalho na etapa complementar.


DECLARAÇÕES
Beto Bianchi  
Petro de Luanda

“Fomos dignos vencedores”

Fomos dignos venceres. Tivemos muitos problemas tácticos na primeira parte, mas no intervalo falamos com os atletas e operamos algumas alterações. Conseguimos inverter o quadro a nosso favor e fomos felizes. Merecemos a vitória ante um adversário que portou-se muito bem e deu-nos muito trabalho.

Paulo Torres
Interclube

“Merecíamos outro resultado”

Foi um jogo bem disputado em que as duas equipas procuraram o golo a todo momento, mas acabamos por sofrer um tento precedido de uma falta por pressão na sequência de um canto não existente. Os meus atletas tiveram um comportamento fantástico e mereciam um outro resultado.