Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Polcias detm bravura do Maquis

Val?dia Kambata - 22 de Maio, 2017

Interclube vence e mantm a invencibilidade no Rocha Pinto esta temporada

Fotografia: Nuno Flash| Edies Novembro

O Interclube encerrou a primeira volta sem nenhuma derrota em casa esta época ao vencer ontem o Bravos do Maquis, por 1-0. Os polícias com uma exibição longe do esperado cumpriram apenas com o dever de casa.

Com duas partes distintas, valeu o golo de Moco e a prontidão defensiva da equipa do Rocha Pinto, que soube conter a bravura contrária e uma vez manteve a invencibilidade em casa ante um adversário irrequieto.  A equipa de Paulo Torres entrou bem no jogo, teve maior iniciativa, posse de bola e criou as melhores oportunidades de golo, mas faltava concentração e eficácia nos momentos cruciais da partida.

Sedentos de vitórias, o Interclube estava determinado em conquistar os três pontos. Fruto dessa disposição e num lance de contra-ataque conduzido Paty, assistiu Mano que cruzou para o regressado Moco na área bater o guarda-redes Dadão. Em vantagem, os polícias controlaram a pressão, conseguiram manter a tranquilidade e maior domínio das operações. Com o jogo a seu favor aos 28\' Pirolito desperdiça uma soberana oportunidade de ampliarem o marcador.

Ante a disposição e a vontade de vencer dos donos de casa o Bravos do Maquis pouco ou nada fazia para contrapor as investidas da equipa do Rocha Pinto que estava endiabrada, mas acusava insegurança nos momentos cruciais. Inconformado com a postura da sua equipa Zeca Amaral fez entrar Marcelo para o lugar  do central Kitenga, no intuito de dar mais profundidade ao seu jogo e equilibrar a partida. Uma estratégia que surtiu o efeito desejado.

Na etapa complementar, o Bravos do Maquis reentrou mais agressivo com a clara intenção de mudar o resultado do jogo, mas 
Paulo Torres cedo travou a bravura contrária com as entradas de Baby e Ady . Com estas duas alterações, os polícias voltaram a ter domínio do jogo e conseguiram controlar a partida até ao fim. A equipa de arbitragem liderada   por Feliciano Lucas, embora não tivesse qualquer influência no resultado, esteve alguns furos abaixo.

DECLARAÇÕES
Paulo Torres  (Interclube)
\"Vitória merecida\"
- \"Foi uma vitória merecida. Sabíamos que iríamos enfrentar um adversário bem organizado e que vinha de uma vitória diante do  Libolo. Tem um treinador inteligente pela forma como prepara as suas equipas. Fizemos um golo no princípio do jogo que era fundamental e a partir daí tivemos um ascendente fantástico. Na segunda parte procuramos defender o resultado para não perder em casa e tentar sair em transição\"

Ivo Campos (Adj. Maquis)
\"Faltou atitude\" - \"
Podemos dizer que o jogo teve duas partes distintas. Uma em que o Interclube foi completamente superior e outra em que o adversário pouco ou nada fez, mas futebol é assim quem ganha marca. Na semana passada ganhámos com um lance em que fomos a área e marcamos e hoje faltou atitude. Agora jogar 94 minutos com 16 paragens com entradas constantes de equipas médicas, eu pergunto o que isso?\"