Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Polcias fazem pr-poca em Benguela

Valdia Kambata - 06 de Outubro, 2018

Interclube tem programado vrios jogos de controlo em estgio

Fotografia: M.Machangongo | Edies Novembro

A equipa do Interclube, à semelhança do ano passado, agendou  durante 18 dias o estágio de pré-época para a cidade de Benguela, com início a 7 do corrente, segundo apurou o Jornal dos Desportos, de uma  fonte da agremiação da Polícia.
A fonte informou, igualmente, que estão assegurados vários  jogos de controlo com equipas benguelenses, assim  como com outras que vão estagiar em terras de Ombaka.
O Interclube arrancou a sua preparação para a nova época, na passada semana, com a intenção de melhorar o terceiro lugar alcançado no Girabola Zap transacto. A direcção liderada por Alves Simões prepara a temporada com profissionalismo e sigilo, na procura  de atletas para preencher algumas lacunas que o plantel claudicou na época passada, assim como, para colmatar a saída de outros.
A contratação do treinador sensação da última época, o luso-angolano Rui Garcia, que treinou a Académica do Lobito, assim como o regresso do técnico de guarda-redes Paulo Gonçalves, dispensado no início da segunda volta do Girabola Zap 2018, são indicadores da determinação dos polícias de voltarem a \"voar\" no Campeonato Nacional da Primeira Divisão.
Os polícias realizaram  dois jogos-treinos na pré-época, diante do Atlético Sport Aviação (ASA) e do FC Bravos do Maquis,  em ambos venceu por 1-0, com golos de Leonel e Filipe.
A equipa técnica dos policias está a aproveitar os jogos, para testar alguns atletas dos escalões de formação. Fontes afectas ao grupo, liderado por Rui Garcia, garantem que pelos menos dois ou três jogadores devem ascender à categoria de seniores, na temporada que abre a 27 do corrente. 
A direcção do Interclube aposta na luta pelo título de campeão nacional e o apuramento às eliminatórias de acesso à fase de grupos da Liga dos Clubes Africanos, ou na pior das hipóteses, marcar presença na Taça da Confederação. 
No seu palmarés, o conjunto do Rocha Pinto conquistou em duas ocasiões o Girabola (2007 e 2010), arrebatou três títulos da Taça de Angola e igual número de Supertaças.