Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Polcias no vencem em casa

Valdia Kambata - 17 de Janeiro, 2019

A jogar ontem em casa, diante do Sporting de Cabinda para a 12ª jornada do Girabola Zap, os polícias entraram determinados, com a clara intenção de marcar e obter a primeira vitória no seu estádio 21 de Junho, mas não lograram esta pretensão. O empate a zero golos fala por si.
Nos primeiros quinze minutos de jogo, com Paty e Silva no comando das operações, a equipa foi criando várias oportunidades de golos sem no entanto concretizá-las, por displicência dos seus atacantes.
O primeiro grande perigo dos polícias surgiu aos sete  minutos com Dasfaa. Já na grande área, rematou para fora. Então e  equipa de Cabinda, a fazer uma boa recuperação na tabela classificativa, procurava defender-se das investidas dos donos da casa e depois sair em contra ataque, no sentido de surpreender o opositor. Os lances é que não saiam na perfeição,  face à agressividade ofensiva dos polícias.  
Estes, apesar de mandarem no jogo, não conseguiam transformar as oportunidades em golo. Vendo esta situação, a equipa técnica optou por alterar  as peças em campo, colocand, ora Dasfaa à esquerda, ora  sucedendo à direita  com Mano Calesso.  
Com estas mudanças  o esquema de jogo mudou e os polícias passaram a controlar o jogo, obrigando o Sporting  de Cabinda a recuar no terreno de jogo. 
No fecho da primeira parte,  a equipa de Cabinda subiu no terreno de jogo e quase surpreendeu os polícias, numa jogada construída pelo seu capitão Castro que assistiu a Choma, este que, à entrada da grade área, rematou forte. Valeu a intervenção de Landu.
Na segunda parte os polícias entram convencidos de que era possível \"mexer\" o marcador e, rapidamente,  foram para cima do seu adversário, que  pouco ou quase nada fazia para contrapor a ofensiva policial.  Para além da falta de pontaria e sentido de oportunidade de Dasfaa, Mano Calesso e Kaboral  eram os principais empecilhos para a inauguração  do marcador. Nos últimos minutos de jogo, a equipa do Sporting de Cabinda sem medo, subiu  e foi criando algumas situações de golo. Valeu a pronta intervenção do guarda-redes Landu.