Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Polcias sovam Cuando Cubango

Valdia Kambata - 28 de Junho, 2018

Polcias entraram determinados no intuito de regressarem s vitorias

Fotografia: Vigas da Purificao| Edies Novembro

Sem conhecer o sabor das vitórias há três jogos, os Polícias entraram determinados no intuito de regressarem  às vitórias e, assim, permanecerem na luta pelo primeiro lugar do Girabola Zap.
O primeiro sinal  de perigo aconteceu  aos 3 minutos de jogo, com Fabrício a responder um cruzamento de canto e a mandar a bola para as malhas laterais.   Dois minutos depois, Moco, isolado , na grande área, rematou fraco para a defesa de Ladinho,  guarda-rede do Cuando Cubango.
A equipa, orientada pelo técnico Abel Conceição, pouco ou nada fazia para contrariar as intenções dos Polícias que viam neste jogo  a melhor forma de regressarem às vitórias. Sabima, porém, que da intenção  à concretização das oportunidades, ainda havia um longo caminho, pois, os polícias não conseguiam acertar na baliza adversária, com maior destaque para o ponta de lança Moco.
Numa altura que a impaciência tomava conta dos adeptos e equipa técnica, surgiu o golo de uma forma inesperada.
Numa jogada aparentemente inofensiva , Mano Calesso fez um chuto  quase sem direcção, porém o vento tratou de corrigir a trajectória da bola e foi direito para abaliza , deixando todos os presentes no estádio perplexos.
Com este golo a equipa do Cuando  Cubango perdeu-se em campo. E polícias os aproveitaram para aplicar o marcador por intermédio de Venâncio, contratado ao Sporting de Cabinda.

SEGUNDA PARTE
Os Polícias entraram convencidos que era possível ampliar o número no marcador e, rapidamente, foram para cima do seu adversário que pouco ou quase nada fazia para contrapor a \"ofensiva policial\". Na equipa da casa Moco servia do principal empecilho para a dilatação do marcador por falta de pontaria e sentido de oportunidade.
Percebendo isso, o técnico do Interclube, Paulo Torres, lançou Kaporal ao jogo e, em cinco minutos, este jogador marcou o seu primeiro golo da partida e o terceiro da partida.
O mesmo Kaporal, em dia sim, voltou a marcar dois minutos depois, na sequência de uma jogada conduzida por Paty que assistiu Venâncio na grande área e este deu a marcar para Kaporal. A partir daquele instante o Interclube geriu o marcador, não dando espaço de manobras para o seu adversário, regressando assim às vitórias depois de começar a segunda volta do Girabola Zap com um empate e duas derrotas.
A equipa de arbitragem  liderada por Feliciano Lucas  esteve bem, controlou a partida do principio ao fim. Esteve sincronizado com os seus auxiliares e não teve qualquer influência no resultado.
Quanto ao primeiro golo dos Polícias, que a equipa do Cuando Cubango reclamou, afirmando que a bola já tinha saído, a equipa de arbitragem esteve bem, pois, a bola não chegou a sair para fora do campo.