Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Polcias tm novo teste de fogo

Pedro Augusto - 05 de Maio, 2018

Lder do campeonato nacional tem tarefa complicada na 14 jornada

Fotografia: Vigas da Purificao| Edies Novembro

A boa qualidade futebolística, o grande nível competitivo que apresenta  e a liderança do Interclube no campeonato nacional, vão ser postos à prova mais uma vez, depois de   defrontar o Recreativo do Libolo (empate a uma bola) e o 1º de Agosto (derrota por 1-0) nas duas últimas jornadas. O adversário de amanhã às 16h00 no Estádio 11 de Novembro, partida referente à 14ª jornada, é mais um dos que lutam pelo título, o Petro de Luanda, que pretende acabar de uma vez por todas, a \"onda\" de empates na prova.
Os tricolores e os polícias sempre que se defrontam, proporcionam bom espectáculo. Amanhã, a história pode repetir-se. O Interclube para além de ocupar a primeira posição da tabela de classificação, apresenta melhor qualidade futebolística que o Petro. Mas não se pode aferir, que seja motivo suficiente para o comandante do campeonato chegar, ver e vencer no  Estádio 11 de Novembro. Aliás, a equipa de Paulo Torres apresenta grandes dificuldades em impor-se em casa do adversário.
Quer tricolores, quer polícias, almejam corrigir os anteriores desaires, muitos registados com equipas de menos ambição.  E, nesse quesito, o Interclube enquanto líder do campeonato surge no dérbi da paciência, mais pressionado que o Petro, pois, tem o 1º de Agosto a \"acossar-lhe\" os calcanhares no topo da tabela de classificação (23/21 pontos),  os militares têm menos dois jogos e em caso de vitória ultrapassam os polícias.  
A sensacional, Académica do Lobito, tem amanhã a partir das 15h00 no Estádio do Buraco, uma boa oportunidade para somar mais pontos na grande campanha do Girabola Zap. O empate  1-1, alcançado segunda-feira, no terreno do FC Bravos do Maquis, no Luena, dá ânimo para receber e vencer o Recreativo da Caála.
A missão parece perfeitamente ao alcance dos estudantes do mestre Rui Garcia. Ou seja, a Académica do Lobito dá provas de grande capacidade competitiva em qualquer campo,  amanhã  em casa pode ser mais um dia de glória, ante um adversário titubeante na competição. 
Missão difícil tem o Domant FC de Bula Atumba, amanhã, na recepção ao Desportivo da Huíla. Com a desistência do JGM do Huambo da prova, os homens do Bengo acabaram por segurar a lanterna vermelha. Isso, é motivo mais do que suficiente para a equipa não falhar no duelo caseiro. Contudo, tem de lutar o bastante, pois, os militares da Região Sul mostram muita força competitiva, quando jogam em terreno alheio. 

ABERTURA
A vitória extramuros no jogo com o Sagrada Esperança, por 2-1, na ronda anterior, é motivo para que o Recreativo do Libolo alargue a passada no campeonato, esta tarde, em Calulo.  O tetracampeão joga com  o Cuando Cubango FC e é favorito à conquista de mais três pontos. Ainda assim, a equipa de Kito Ribeiro deve mostrar competência, porque os rapazes de Abel da Conceição costumam enfrentar os adversários de \"peito aberto\".
Bom jogo, em perspectiva, acontece igualmente esta tarde  no Estádio Mbuco Mabele, em Cabinda, entre o Sporting local e o 1º de Maio de Benguela. Quer os leões do Norte como os proletários, exibem boa qualidade em campo, porém, nem sempre os resultados são os melhores.
Os leões têm por lema, \"vencer todos os jogos em casa\" e os proletários conquistar pontos fora. Isso, é motivo suficiente para que hoje tenhamos uma tarde quente em Mbuco Mabele. 


PAULO TORRES * INTERCLUBE
“Cada jogo  tem sua história


O técnico do Interclube, Paulo Torres, garante que a equipa está bem, embora, perdesse na jornada anterior no jogo com o 1º de Agosto, segundo classificado  do Girabola Zap. Por isso, o grupo tudo vai fazer para que amanhã consiga diante do Petro de Luanda um bom jogo e bom resultado, no principal duelo da 14ª jornada. 
\"Estamos bem. A equipa reagiu bem à derrota do jogo anterior, por isso, acredito que vamos fazer um bom jogo com o Petro de Luanda\", disse. 
 Embora, a confiança esteja em alta, a equipa técnica liderada por Paulo Torres sabe que vai encontrar uma equipa com o mesmo desejo, e por isso, acautelou o seus atletas para a calma e  controlar  o adversário.
\"O Petro de Luanda é uma das maiores equipas do nosso campeonato  e é candidato ao título,  sabe trocar bem a bola, tem jogadores talentosos e tem um jogo versátil. É uma  equipa  muito bem organizada  e com capacidade de lutar de igual com qualquer equipa  no Girabola. Por isso, é necessário algum cuidado para não sairmos com derrota\", referiu o técnico dos polícias.
No jogo anterior, os polícias estiveram mal na finalização, viram os militares aproximarem-se na tabela classificativa. Ainda assim, Paulo Torres está confiante  num bom jogo da sua equipa.
\"Em relação  ao jogo passado, só posso dizer que cada jogo tem a sua história . Não sabemos quando a equipa vai subir ou descer, mas o nosso plano é sempre  jogar bem e vencer.  Uma coisa posso garantir: até ao final do campeonato,  vamos  lutar  jogo após  jogo, pois, para nós, o mais importante  é vencer o próximo e assim continuamos  a fazer o nosso campeonato\", salientou.
Para o dérbi luandense, Paulo Torres não conta com os médios Dasfaa e Pirolito, ambos por lesão, nem com o defesa central Fabrício, por castigo federativo.
Paulo Torres deve alinhar de inicio os seguintes atletas: Landu - Chonene, Valdez, Baca e Tó Carneiro - Ito, Paty, Dany e Karanga - Mano Calesso e Pedro.
VALÓDIA KAMBATA