Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Porcelana consente empate em casa

Isidoro Natalcio, em Ndalatando - 15 de Maio, 2016

Duas equipas que lutam para manterem de diviso os comandados de Lus Mariano foram incapazes onde o empate na recepo ao Progresso da Lunda Sul saiu como soluo

Fotografia: Nilo Mateus

O Porcelana FC consentiu ontem o segundo empate a zero bola, o primeiro em casa, na recepção ao Progresso da Lunda Sul, numa partida em que no primeiro tempo, foi notória a maior posse de bola dos forasteiros que jogavam a toda dimensão do terreno, mas os donos da casa tiveram sempre as situação controlada.

A equipa orientada por Luís Mariano, não obstante enfrentar dificuldades para organizar e impor o seu futebol, face a pressão ao homem com bola que a formação de Kito Ribeiro exercia a entrada do seu meio campo, procurou sempre contrariar o sistema táctico contrário.

Não foi por acaso que as maiores oportunidades pertenceram a equipa da casa que levaram algum perigo a baliza contraria, num cabeceamento de Zé a passagem do vigésimo minuto e de armando, aos 38'.

A dada altura da partida, Alexander assumiu-se como um dos jogadores mais batalhador em campo, pressionando os defesas contrários, mas  faltava posicionamento, enquadramento e maior sentido de oportunidade ao atleta do Porcelana.

Na etapa complementar, a historia do jogo repetiu-se a equipa da Lunda Sul continuou a mandar em campo, com jogadas bem delineadas, sobretudo, no seu corredor direito, onde Tshilechi  era um verdadeiro “quebra cabeça” para os defensores contrários.

Luís Mariano foi obrigado a colocar em campo Rasca para o lugar de Dilman e só a partir do minuto 80 foi visível a presença frequente do Porcelana no meio campo contrário.  Em função dessa atitude, surgiram alguns remates, em que se destaca a de Alexander a passagem do minuto 90.

O árbitro da partida com uma ou outra falha não teve influência no resultado, com excepção do lance de grande penalidade reclamado pelo banco do Porcelana FC, que do nosso ponto de vista é duvidoso.


Declarações


Luís Mariano (Porcelana)

"Faltou apenas o golo"

“Foi um jogo bem disputado diante de uma equipa bem organizada, mas não conseguimos marcar qualquer golo, apesar das oportunidades que criamos. O árbitro não marcou uma grande penalidade a nosso favor, não sabemos porque. Sabíamos das intenções do adversário, mas fizemos tudo para contrariar os seus intentos".

Kito Ribeiro  (P . Lunda Sul - )

"Foi um bom jogo"

"Pensamos que faltou criar mais oportunidades.  Foi uma partida bem jogada a nível do meio campo, com as equipas a procuraram manter a posse de bola. Queríamos ganhar, tal como o Porcelana, mas o futebol é assim, vamos é trabalhar para o próximo jogo frente ao Desportivo da Huíla e tentarmos pontuar".