Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Porcelana do Cuanza Norte rescinde com Lus Mariano

Valdia Kambata - 23 de Junho, 2016

Treinador ficou longe do exigido

Fotografia: Santos Pedro

A direcção do Porcelana FC rescindiu com o técnico brasileiro Luís Mariano, sete meses depois de assumir o comando da equipa. Segundo apurámos, os maus resultados e a  última posição que ocupa na tabela de classificação, estão na base da decisão.

Em sua substituição, Sarmento Seke, por ironia do destino, colocou o conjunto do Cuanza Norte na I divisão, é reconduzido como treinador principal para orientar o plantel até ao fim da época.

Contratado com objectivo de realizar uma campanha tranquila e manter a equipa no escalão máximo do futebol nacional, o percurso e os resultados alcançados ao longo da primeira volta, forçaram a rescisão do contrato.

Com 11 pontos, fruto de três vitórias, dois empates e dez derrotas,  a direcção não teve opção senão terminar o vínculo com o brasileiro. Ao longo da carreira em Angola, orientou o Recreativo do Libolo, o Progresso do Sambizanga, o Benfica de Luanda e o Nacional de Benguela.

O grande mérito do treinador está no facto de colocar em 2007 a equipa de Calulo no Girabola, um ano após de falhar a primeira tentativa.
Sarmento Seke, até então técnico - adjunto do Porcelana FC, orientou as primeiras sessões da semana. Abordado pelo JD, o novo técnico da equipa do Cuanza Norte, recusou-se a avançar pormenores.