Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Porcelana FC recebe equipa do seu "campeonato"

Isidoro Natalcio-Ndalatando - 30 de Abril, 2016

Porcelana FC reconhece que o adversrio tem jogadores perigosos que defendem a permanncia com a maior pontuao

Fotografia: Kindala Manuel

O Porcelana Futebol Clube começa a partir das 15h30 de hoje, no jogo com o 4 de Abril do Cuando Cubango, um ciclo de partidas com adversários do “seu” campeonato, isto é, do mesmo nível, frente aos quais os resultados podem definir a permanência da equipa no Girabola Zap.

Depois do jogo com a formação do Cuando Cubango, vêm as formações da Académica do Lobito, Progresso da Lunda-sul e Recreativo da Caála.Luís Mariano que é o técnico do Porcelana FC disse que são equipas perigosas que defendem a permanência, mas não vai ser menos difícil do que foi até agora, porque estão à procura de pontos.

 “Tivemos aqui dois jogos assim, com o ASA e o Desportivo da Huila, elas vieram para levar pontos e acabaram por levar os três, porque às vezes com a vontade de ganhar cometemos alguns erros de posicionamento táctico e cedemos ao contra ataque”, disse. O técnico  brasileiro acredita na pontuação para subir na classificação e pesem as dificuldades de marcação em situação de contra- ataque, considera que o Porcelana Futebol Club defende razoavelmente, mas a maior desgraça é o ataque que só marcou cinco golos em nove jornadas.

Luís Mariano disse que as oportunidades aparecem, mas não são aproveitadas e por isso, trabalha-se cada vez mais nas finalizações, triangulações, passes, porque menos erros de passe mais facilmente se chega à baliza contrária.O treinador sublinha que são evidentes as dificuldades que a equipa apresenta a atacar pelas alas, a esse respeito o técnico disse que isso faz parte pelo que deve treinar para chegar à linha do fundo com a bola dominada e que todas as equipas procuram fazer isso. “Não saber tocar para trás e refinalizar, temos também dificuldades de entrar pelo centro, mas já conseguimos dois ou três golos a entrar pelo centro, o que vamos tentar fazer”, disse.

PLANTEL
Turma do Cuanza Norte
joga hoje desfalcada


Quando o Porcelana sofre um golo, baixa logo  o moral e não pressiona situação que facilita o adversário e o técnico Luís Mariano reconhece o facto, razão por que  faz trabalhar bastante para colmatar essa debilidade.

Por esta razão, o treinador esclarece que a equipa tem feito um volume de jogos que por vezes vezes os adversários não passam do meio campo e quando chegam à baliza da sua equipa,  os seus jogadores deixam-se abater e perdem o controlo emocional.

Luís Mariano descarta a ocorrência de quebra física a partir dos 70 minutos de jogo e sublinhou que os seus pupilos poucas vezes ficam fora da área por falta de confiança.

Para o jogo de hoje, Macutima, Djemba (que jogaram com o 1º Agosto) e Rasca são “cartas fora do baralho” devido ao paludismo. Assim, Chico Caputo está de volta no eixo da defesa para fazer dupla com Zé, seguro estão, Lara e Miguel nas laterais. Carlos, Careca, Armando e Djamini podem ser opções para o meio campo e o ataque fica reservado a Dilma e Viola.

O Porcelana FC é penúltimo da classificação  com sete pontos enquanto o seu opositor, 4 Abril, está na 11ª posição com nove pontos.