Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Porcelana recebe proletrios disposto a fugir da "cauda"

Isidoro Natalcio- Cuanza Norte - 23 de Julho, 2016

Porcelana Futebol Club do Cazengo recebe hoje tarde o 1 de Maio de Benguela

Fotografia: Jornal dos Desportos

Motivado com a vitória no Lubango, o Porcelana Futebol Club do Cazengo recebe hoje à tarde o 1º de Maio de Benguela, no Estádio Fernando Diniz, em Ndalatando, a pensar na conquista de três pontos. 

O técnico da equipa de Ndalatando, Sarmento Sek, acredita no sucesso porque a cada semana a equipa melhora, sobretudo, no sector defensivo ao meio campo.

 “Já estamos a ter uma equipa coesa, temos alguns problemas à frente, o que fizemos no Lubango se for repetido aqui e conforme trabalhámos esta semana, vamos sair do campo com os três pontos”, disse.

Apesar de estar a crescer, o treinador enalteceu o Porcelana que precisa de rematar mais à baliza contrária. A esse respeito, disse que a escassez de remates à baliza é quase um problema nacional, mas os técnicos desencadeiam trabalhos técnico-tácticos e de finalização, na tentativa de se inverter o quadro.

O Porcelana é das equipas com mais golos sofridos, pois consentiu 23 golos em 17 jogos, que traduz uma média de um golo e meio por jogo. É também das equipas que menos marca. Apontou nove golos até agora, que refecte os remates às balizas adversárias. Como equipa que ganha “não se mexe,” os 11 iniciais podem ser os mesmos que ganharam ao Desportivo, na semana passada.

Para o jogo de hoje, Defesa, pode ser o guarda-redes; Miguel e Lara nas alas, Papi e Zé, centrais. O sector intermédio mantém-se com Garcia, Armando e Quim, mais a frente Cabibi, Pedro e Tino, avançados. Os indisponíveis são o defesa Denilson (lesionado) e Pedro Henrique, com paludismo.