Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Progresso defronta Kabuscorp com baixas de vulto

Avelino Umba - 09 de Abril, 2016

Equipa tem vrios jogadores doentes que costumam ser titulares

Fotografia: Kindala Manuel

O treinador principal do Progresso Sambizanga, Albano César afirmou, ontem, em entrevista ao Jornal dos Desportos, que o jogo de hoje diante do Kabuscorp do Palanca,a partir das 15h30, no Estádio da Cidadela, para 7ª do Girabola Zap, vai ser bastante renhido.

Apesar de seis baixas de vulto no grupo, nomeadamente, Yano, Lawrence, Nzau, Brazuka, Almeida e Nuno, o treinador sublinhou que " o nosso pensamento passa apenas pela conquista de vitoria", embora não tenha deixado de o valor do adversário.

"Mantemos a postura competitiva sempre em alto nível, temos capacidade " argumentou o treinador, ele que pretende exigir dos seus jogadores o máximo no sentido da equipa aproximar-se do grupo de "linha da frente" na classificação.

"A equipa precisa de pontuar. Continuamos a exigir o máximo dos jogadores, de forma a aproximar-se, cada vez, aos  objectivos da direcção do clube, que passa pela melhoria da classificação anterior", disse.

Albano  César deixou claro que "o único objectivo do grupo neste encontro  é fazer um bom jogo, estar preparado para competir, no ambiente em que vai estar, e ser capaz de dar uma resposta à ao adversário", frisou.

O treinador assumiu que “ninguém pode escapar de um mau resultado, mas a sua rapaziada está confiante para conquistar os três pontos".

"Queremos nos aproximar mais do objectivo proposto pela direcção. Estamos focados no que temos de fazer em campo. A equipa trabalhou normalmente, com muita vontade para a partida, queremos que é estar presentes, com ambição, para nos colocarmos mais perto do nosso objectivo.

Estamos preparados e, absolutamente, focados na única coisa que nos interessa, frente a uma grande equipa que terá o apoio dos seus adeptos", alertou.

"Independentemente das baixas que temos no grupo, trabalhámos o suficiente para o jogo, para a conquista de três pontos", prometeu, o treinador do Progresso Sambizanga que, no entanto, lamentou a onda de lesões de alguns jogadores influentes na manobra da grupo.

"Nesta altura temos uma equipa bastante quebrada devido às lesões. Refiro-me ao Yano, Lawrence, Nzau, Brazuka, Almeida e Nuno. Mas de qualquer forma precisamos de ter uma consistência no campo. Vamos actuar com aqueles que são novos do grupo e aqueles que estão a progredir " disse.