Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Progresso destrona Maquis

07 de Setembro, 2015

Midos da Lunda Sul venceram os Brilhantes de Cabinda na final disputada nos Coqueiros

Fotografia: Benjamim Cndido

O Progresso da Lunda Sul foi a grande vencedora da III edição da Taça Palanquinhas Super Cuia ao derrotar sábado, no estádio dos Coqueiros, os Brilhantes de Simulambuco por 4-0.Após a disputa entre dez equipas vencedoras da fase de grupos, as meias finais opôs as formações do Progresso da Lunda Sul a do FC Bravos do Maquis, tendo a primeira  vencido por  2-0, enquanto que os Brilhantes do Simulambuco de Cabinda, derrotaram  o FC Juca de Luanda, por 1- 0, opondo as duas equipas vencedoras na final do torneio.

A equipa vencedora para alem do troféu  vai beneficiar de um estágio de uma semana na próxima época  na  academia do Benfica de Lisboa que se fez representar na final por Pedro Mantorras.O bicampeão destronado, FC Bravos do Maquis, terminou a competição na terceira posição, ao passo que o Futebol Clube Juca de Luanda ficou em quarto lugar. Adriano Duvale, do FC Bravos do Maquis, foi eleito o melhor guarda- redes do torneio,
 Mário Kufa Naizi , do Mpata  Aponto do Bengo, o melhor marcador  ( 6 golos), e o jogador revelação é António João  Fernando, da Escola Geração Benfica Sumbe.

A Taça Palanquinhas Super Cuia é a maior prova de futebol infantil, para jovens dos 8 aos 12 anos, que se realiza pela terceira vez em Angola, cuja competição   resulta de uma parceria entre a Federação Angolana de Futebol e a Refriango.O torneio percorreu dez províncias de Angola, envolvendo mais de três mil crianças  tendo sido disputadas  727 partidas envolvendo 352 equipas.As partidas foram disputadas em Luanda, Moxico, Lunda - Sul, Lunda - Norte, Cabinda, Bengo, Huambo, Benguela, Huíla e Cuanza -sul, tendo a capital albergado as meias finais e a final da prova.