Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Proletrios ofuscam brilho diamantfero

Jlio Gaiano, em Benguela - 18 de Julho, 2016

1 de Maio de Benguela ganhou o Sagrada Esperana

Fotografia: Jos Soares

A formação do 1º de Maio de Benguela teve de se empenhar ao fundo para vencer ao Sagrada Esperança da Lunda-Norte, por 1-0, e fugir da zona vermelha da tabela de classificação do Girabola Zap2016. O único golo da partida foi rubricado por Filipe, aos 51´, na marcação de um penálti, a castigar bola à mão na grande área da formação diamantífera.

Na verdade, foi uma vitória incontestável, a julgar pela forma como os rapazes às ordens de Hélder Teixeira se apresentaram em campo, desinibida e determinada. Melhor, a equipa do 1º de Maio mandou no jogo do princípio ao fim, ante um Sagrada Esperança que se acobardou desde o começo da contenda.

Ou seja, limitou-se a defender e deixou-se bater através de uma grande penalidade que muito bem poderia ser evitado.Tal foi a pressão que atrapalhou à estratégia montada pelo professor Zoran Monojlovic "Maki" que a partir do banco transmitia insegurança aos seus pupilos que, diga-se de passagem, estiveram confusos. Desorientados como estiveram, os diamantíferos optaram pelo jogo violento.

Jogaram duro e, de forma insistente, insurgiam-se contra as decisões do árbitro Conceição Matias que realizou ontem no Estádio Municipal Edelfride Costa “Miau”, em Benguela, um trabalho regular.