Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Proletrios e palanquinos repartem pontos

Antnio Flix - 05 de Abril, 2016

Ontem houve diviso de pontos em Benguela

Fotografia: Jornal dos Desportos

O Kabuscorp do Palanca que viu antes da época inciar a sua "máquina de fazer golos", Meyonga, regressar a Portugal,ontem viu e desejou-se para poder repartir pontos com 1º de Maio por 1-1.

Sabendo que, na próxima jornada, encara um adversário com alguma tradição, Progresso do Sambizangam, o Kabuscorp do Palanca fesz tudo para ganhar, mas o 1º de Maio que anotou então em, casa seu primeiro empate não deixou.

Mas, vá lá, com este resultado conseguiu evitar largo atraso. Podia ter-se colado ao Desportivo da Huila, com 13 pontos e agora só tem 11. O resultado galvanica certamente a equipa do Palanca a acreditar que está, em condições de continuar no "pelotão" das eequipas,  que apsotaram conquistar o campeonato, embora faltem ainda muitas jornadas.

Os proletários conseguiram passar à frente dos estudantes do Lobito, Académica, embora tenham ambos quatro  ponto, posições que que, desde já, começam a preocupar os adeptos, sócios e dirigentes destas equipas.

É claro que a primeira volta está por terminar ainda, mas é, justamente nela, onde as equipas devem amealhar o meior número de pontos, para  gerir depois a segunda, que é muito mais a doer, muito mais renhida. E os proletários e estudantes estão a demostrar pouca "obra" para evitar dissabores.
    
O Kabuscorp do Palanca tem de acelerar agora a sua peraparação nesta semana a ver se diante do Progresso do Sambizanga consegue registar uma vitória, o que desde já se antevê difícil.

Difícil porque a formação sambila está a vir de um empate também e não quererá novamente repartir pontos.
Um cenário de emnpate para qualquer das duas equipas atrasa-as ainda mais nas suas ambições.