Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Proletrios tm frmula para ofuscar diamantferos

J?lio Gaiano, em Benguela - 23 de Abril, 2017

Proletrios querem vitrias sucessivas para melhorarem na classificao

Fotografia: Nuno Flashi

O 1º de Maio de Benguela está determinada e confiante para o desafio contra o Sagrada Esperança da Lunda Norte a acontecer hoje, a partir das 15H30, no EstádioMmunicipal Edelfride Palhares da Costa “Miau”, garantiu José Agostinho \"Tramagal\", timoneiro da formação proletária.

\"Há motivos suficientes para me sentir confiante num bom resultado. A equipa está bem. Para além dos aspectos técnicos, tácticos e físicos, tivemos o cuidado de conversar muito com os jogadores, dar-lhe a entender da importância e do interesse pela conquista os três pontos\", disse.

\"A mensagem foi acolhida com agrado e tudo aponta que, neste domingo, as coisas vão correr a contento e a vitória venha a ser um facto\", garantiu.

O técnico do 1º de Maio garante que o facto de o adversário estar a atravessar momentos de graças no arranque da presente temporada, não assusta os propósitos da sua formação, pelo contrário, galvaniza-o ao confronto para testar a capacidade competitiva dos seus jogadores diante de equipas melhores estruturadas.

\"Ao contrário do Sagrada Esperança, o 1º de Maio teve um arranque menos bom. Estamos a trabalho no sentido de resgatar a nossa identidade e que só se adquire com os jogos a doer\", reconheceu.

O treinador precisou que \"é nesta perspectiva que pensamos necessário defrontar adversários fortes para nos tornarmos fortes. Para a nossa felicidade, o jogo contra o Sagrada Esperança vem a calhar”.

O 1º de Maio de Benguela soma 8 pontos, contra 22 do seu oponente da jornada onze, o Sagrada Esperança


TRAMAGAL
“Sabemos que não vai ser fácil”


O técnico principal do Estrela Clube 1º de Maio, José Agostinho “Tramagal”, voltou a afirmar que a pretensão da sua equipa passa pelo alcance dos 17 pontos até ao final da primeira volta do GirabolaZap2017, a começar já a partir do jogo de hoje, em Benguela, diante do Sagrada Esperança, para a 11ª jornada.

O treinador proletário acredita na capacidade de a equipa poder vencer todos os jogos que faltam por disputar em casa e somar alguns pontos fora do seu reduto.

Dos cinco jogos que restam, o 1º de Maio defrontar, depois do Sagrada Esperança da Lunda Norte (11ª)  defrontará sucessivamente o Santa Rita FC do Uíge (13ª).

Fora do seu reduto, os comandados de Agostinho Tramagal vão disputar os três pontos frente ao Kabuscorp SC do Palanca (12ª), JGM do Huambo (14ª) e Petro de Luanda (15ª). 

\"Estamos a trabalhar para que tal desiderato se concretize. Nos dois jogos que temos de realizar em casa, se os ganharmos faremos seis pontos, a somar com os oito que temos, chegamos aos catorze\", disse.

\"Estaremos próximos da meta traçada. Outros três vamos tentar buscar fora do nosso reduto. Não vai ser fácil, mas determinação e crença no nosso potencial, com maior ou menor dificuldade vamos atingir a cifra dos 17 pontos”, precisou.                                           JG