Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Quatro novidades na nova poca

27 de Outubro, 2018

Ausentes igualmente, mas por terem sido despromovidos, esto Bernardo Moreira e Carlos Armando da Silva.

Fotografia: Jornal dos desportos

O Girabola Zap 2018/2019, o que vai ser disputado em menos tempo em toda história do campeonato da primeira divisão, vai ficar marcado pelas ausências do árbitro Pedro dos Santos e da árbitra Marximina Bernardo, ambos internacionais, por motivos diferentes. O primeiro deixa o apito por ter atingido o limite de idade, enquanto a juíza cumpre suspensão de três anos por corrupção. Ausentes igualmente, mas por terem sido despromovidos, estão Bernardo Moreira e Carlos Armando da Silva. Da lista composta por 24 árbitros, realce para os jovens promovidos à primeira categoria nacional, nomeadamente Rafael Dala (Luanda), Donaciano Mulumba (Lunda Norte), Mbunga Nkazi (Uíge) e João Mavungo (Cabinda). A relação dos árbitros que vão apitar no Girabola Zap 2018/2019 e que terão o auxilio de 36 assistentes, entre os quais os internacionais Gerson Emiliano, Júlio Lemos, Evanildo Lopes, Rosário Cacinda, Wlson Ntyamba e Judith Mestre, é a seguinte: Aylton Carmelino, António Caxala (internacional), António Dungula (internacional), Benjamin Andrade, Bernardo Nangolo, Chitano Francisco, Domiciano Mulumba, Hélder Martins (internacional), João Goma, João Mavungo, Tânia Duarte (Internacional), José Álvaro (internacional), José Maxia, Julião Mateus, Luciano Lucas, Mauro de Oliveira, Mbunga Nkazi, Paulo Talaya, Paulo Sérgio, Rafael Dala, Rodrigo Aleixo, Sabino de Carvalho e Yuri de Melo.