Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

"Queremos sair da zona aflita"

Augusto Panzo - 18 de Setembro, 2016

Serginho acredita na manuteno aviadora

Fotografia: M. Machangongo

"Atendendo os últimos resultados que temos feito, estamos confiantes num bom desfecho neste jogo com o Kabuscorp do Palanca. Temos objectivos diferentes, mas a verdade é que precisamos de sair da zona em que nos encontrámos na tabela classificativa. Para isso, a única solução passa, necessariamente, pela consecução de pontos ", afirmou.

A preocupação do nosso interlocutor é tão evidente, ao ponto de admitir que nem mesmo os empates servem para o ASA, nesta fase do campeonato.

"Olhando para a classificação neste momento, nem o empate nos serve. Por essa razão, vamos procurar ganhar este jogo", acrescentou.

O adjunto de José de Carvalho "Corola" reconheceu a qualidade do plantel adversário,  desdramatizou a incapacidade que se aventada sobre ASA, por alguns órgãos de comunicação social e certos amantes de futebol, deixou claro que a formação aviadora não é nenhuma "pêra doce".

"O Kabuscorp é uma equipa que está no campeonato, acho que não estamos num nível tão baixo, em relação àquilo que se aventa por aí, segundo o qual, o ASA não tem capacidade. Isso, vê-se dentro do campo, e nós preparamos a equipa de forma a contrariar este ponto de vista", recordou Serginho.

Um alerta foi lançado pelo adjunto dos aviadores, em função do objectivo que perseguem, valoriza todo o adversário que aparecer pela frente neste Girabola Zap de 2016.

"Temos o nosso objectivo que é sair da zona em que nos encontramos. E, para que isso seja possível, é necessário olhar para todos os adversários na mesma dimensão, não importa se o opositor é Porcelana FC, Kabuscorp ou Libolo. Precisamos de ganhar os jogos e trabalhar para isso, apesar de no futebol existirem três resultados possíveis", anunciou Sérgio Pedro "Serginho".