Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Quinho brilha na vitria proletria

Jlio Gaiano, em Benguela - 23 de Abril, 2018

O 1 de Maio de Benguela est uma senhora equipa porque sabe jogar e surpreender

Fotografia: Dombele Bernardo| Edies Novembro

O golo de Quinho no minuto 80 da contenda foi determinante para a vitória sofrida do 1º de Maio de Benguela, no desafio disputado ontem no estádio municipal Edelfride Palhares da Costa \"Miau\", pontuável para a décima primeira jornada do GirabolaZap2018. O jogo terminou em festa que se arrastou pela cidade adentro.
A bravura dos maquisardes foi amansada pelos aguerridos proletários que justificaram o seu ascender estado de forma competitiva. Foi justamente isso que se viu no triunfo de ontem. A equipa apareceu forte e assustou, de que maneira, acção do adversário que, apesar do seu atrevimento, acabou por render-se a força e determinação dos jovens rapazes da rua Domingos do Ó.
O 1º de Maio de Benguela está uma senhora equipa. Sabe jogar e pode surpreender ainda mais no presente GirabolaZap. O FC Bravos do Maquis testemunhou isso mesmo. Não soube aguentar a passada daqueles \"meninos\" que só não marcaram mais por alguma imaturidade e ingenuidade denotados em momentos cruciais da contenda.
Foi bonito ver o médio Jamantha e as diatribes de Telmo e Quinho. Revelaram-se num autênticos abre-latas. Driblavam, chutavam e corriam, passando pelos defesas a bel-prazer, ante a aflição dos maquisardes que nada mais faziam senão responder com violência aos \"malabarismos\" dos miúdos.
A partir das bancadas, o público vibrava de satisfação e entoava a canção da vitória proletária. Quinho foi, de tudo, o herói da tarde que resultou num triunfo memorável e que relança a equipa na luta pela manutenção. Pela forma como se apresentou, tal desiderato está a seu alcance.
A actuação da equipa de arbitragem liderada pela internacional Tânia Duarte, assistida por Luísa Luhako e Andália Jeremias, foi positiva. Mostrou autoridade em campo. Não vacilou quando chamado a colocar ordem e disciplina no jogo. Por isso, mereceu da nossa parte distinção positiva.