Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Ramb pra trs semanas

12 de Setembro, 2017

Avanado militar lesionado no clssico de domingo no Estdio 11 de Novembro

Fotografia: Jos Soares| Edies Novembro

O clássico disputado entre o 1º de Agosto e o Petro de Luanda deixou mossa aos militares. O avançado Rambé, melhor marcador da equipa com 11 golos, abandonou o jogo mais cedo devido à rotura nos músculos da perna direita, e fica afastado dos jogos oficiais, por duas ou três semanas.

De acordo com informações ligadas ao clube agostino, o cabo-verdiano foi avaliado ontem, vai passar  por um período de recuperação da lesão, contraída no minuto 18, e que originou a  substituição aos 21 minutos, por Guelor. Este tipo de lesão é frequente nos jogadores, Geraldo é um dos exemplos, daí cumprir um longo período de recuperação para ultrapassar a mazela, inclusive, viajou até ao Brasil.

O regresso do canhoto ao jogo de domingo, após falhar quatro desafios (três do Girabola Zap e um na Taça de Angola) ainda que de forma cautelosa, deu sinais animadores de que na jornada diante do Progresso do Sambizanga, pode estar em condições de jogar mais uns minutos.

A ausência de Rambé nos próximos jogos dos campeões nacionais e líderes do campeonato, é uma má notícia para a equipa técnica, que vê o seu melhor marcador  fora das opções, num momento decisivo da corrida ao título, pois faltam seis jornadas para o final.
Contratado esta época, o cabo-verdiano não disputou os primeiros quatro jogos do Girabola Zap, e os três seguintes jogou na condição de suplente. Os golos que marcou no ano de estreia, mostra que está a adaptar-se muito rápido ao futebol angolano.

De \"patinho feio\", o jogador passou a ser o mais produtivo dos militares. O segundo marcador do campeonato, ao contrário do avançado do Petro de Luanda, Tiago Azulão, primeiro com 14 tentos, não marcou qualquer golo de penálti, enquanto o tricolor já o fez em quatro ocasiões. Este ano, o 1º de Agosto tem diversificado nos marcadores. Para além dos avançados Geraldo, Guelor, Nelson da Luz, Vado e Diogo, os restantes golos foram apontados por Medá, Mingo Bile, Buá, Bobó e Isaac.
JN