Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Ramb quebra jejum aps quatro jogos

Jorge Neto - 04 de Julho, 2017

Melhor marcador dos militares apontou o segundo golo na vitria diante dos proletrios

Fotografia: Jos Soares | Edies Novembro

O cabo-verdiano apontou o seu sétimo tento no Campeonato Nacional no domingo passado, o segundo do jogo, que ditou a vitória dos rubro-negro frente aos proletários.

O camisola 27 ficou em branco na 14ª jornada, diante do Atlético Sport Aviação (ASA), na 15ª ronda frente ao Kabuscorp do Palanca, na 16ª, ante o JGM e na 17ª frente ao Recreativo da Caála. Antes de entrar em jejum Rambé tinha uma boa sequência de golos, ou seja, cumpriu três jogos consecutivos a marcar na primeira volta, designadamente na 10ª jornada frente ao Progresso Sambizanga, por 4-0 (bis de Rambé, Buá e Geraldo), na 11ª, no empate contra o Recreativo do Libolo, por 2-2 (Rambé e Vado) e no triunfo registado na 12ª ronda, frente ao Interclube por 1-0 (Rambé).

O jogador que havia acostumado os adeptos agostinos com festejos de dança quando marcasse, se limitou a ouvir o grito dos aficionados quando aos 27 minutos bateu o guarda-redes Rui.

Contratado este ano pelos campeões nacionais para suprir a ausência de Gelson Dala, melhor marcador da equipa, Rambé tem feito o seu papel, em época de estreia no Campeonato Nacional da Primeira Divisão.

Caso tivesse mais sorte no domingo passado, o avançado cabo-verdiano podia sair do Estádio 11 de Novembro com a conta mais recheada, mas infelizmente para ele, não teve melhor sequência nas suas finalizações.

Neste momento Rambé está há dois golos do melhor marcador do Girabola Zap, o avançado do Petro de Luanda, Tiago Azulão, com 9, e divide a segunda posição com mais quatro jogadores, Jacques (Kabuscorp do Palanca), Fofó (Progresso Sambizanga), Jiresse (Académica do Lobito) e Fabrício (Recreativo do Libolo).