Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Ramos harmoniza balnerio diamantfero

15 de Abril, 2019

Plantel do Sagrada Esperana vive momentos conturbados

Fotografia: Jos Soares | Edies Novembro

O vice-presidente para o futebol do Sagrada Esperança da Lunda- Norte, José Pontes Ramos, afirmou no sábado, no Dundo, que está a trabalhar para a harmonização do mau clima que se regista neste momento no seio do plantel diamantífero. O responsável revelou o facto à imprensa, em função da situação do jogador senegalês, Ben Traoré (ponta de lança), que se encontra suspenso, por razões de indisciplina, há já quatro jornadas do Girabola Zap. 

Esclareceu, que a situação foi motivada devido as sucessivas atitudes irregulares do atleta, contra o técnico Agostinho Tramagal, razão pela qual lhe foi instaurado um processo disciplinar, embora, esteja ainda a cumprir o seu primeiro ano do contrato com o clube diamantífero. Fez saber, que apesar do atleta ser importante na “manobra” da formação verde e branca, a medida serviu como chamada de atenção aos outros elementos, por formas a  repor a estabilidade no grupo. 

Assegurou que o jogador, de 28 anos, tem valor e pode ainda dar o seu contributo, tão logo precisarem, dadas as aspirações e os próximos compromissos. Neste momento, Ben Traoré regista uma crise de golos,  superado pelo seu colega de equipa, o atacante Jiresse que tem sete tentos apontados. 

“A situação está sob nosso controlo, apenas, instauramos o necessário processo disciplinar e procuramos penalizar o jogador dentro das normas, antecedido de uma conversa prévia, embora, o nosso desejo era manter o jogador, mas notamos que havia incompatibilidades entre o atleta e o treinador”, frisou. 

Referiu, que apesar do facto causar constrangimentos, vai-se gerir a situação, por isso, os outros atletas do actual plantel têm condições e devem dar o seu melhor, com vista a contribuir para a concretização dos objectivos preconizados, que passa por uma classificação melhor do que a prova anterior. Relativamente ao técnico Agostinho Tramagal, o vice-presidente do Sagrada Esperança afirmou, que “tem um contrato de dez meses, falta ainda um mês”.