Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Reforos jogam frente ao Cala

BENIGNO NARCISO - 08 de Julho, 2017

A equipa tcnica aproveita o treino para proceder aos ltimos acertos na estratgia a utilizar, depois de uma semana de trabalho aturado.

Fotografia: Arimatea Baptista| Edies Nouvembros

Os médios Bruno e Nandinho, ex- atletas do 1º de Agosto e reforços do Desportivo da Huíla para esta segunda volta do Girabola Zap 2017, podem jogar no domingo com a camisola da nova equipa, diante do Recreativo da Caála no Estádio do Ferroviário, no Lubango, desafio pontuável para a 19ª jornada.

As duas unidades escolhidas a dedo pelo técnico Mário Soares, que confessou reconhecer as qualidades dos jogadores, entram nas contas para o jogo de amanhã, depois de falharem a estreia nas três primeiras jornadas do segundo turno da prova, por razões administrativas.

Nandinho e Bruno alargam o leque das escolhas do treinador da formação militar Região Sul, para fazer face ao desfalque provocado com a saída do médio criativo Mavambo, que se transferiu para o Santa Rita de Cássia. Com a solução dos pendentes administrativos, junto da Federação Angolana de Futebol, que impediam os atletas de actuarem na nova equipa, no Desportivo, a equipa técnica respira de alívio e vê  alargado o leque de opções.

Em declarações anteriores a este jornal, Mário Soares reconheceu as qualidades e margem de progressão dos dois atletas, e tem fé que possam constituir valor acrescentado à equipa. “O Bruno e o Nandinho são jovens. Reconheço as qualidade dos dois atletas, e podem desde que se adaptem, constituir mais-valia”, precisou.

Descreveu o médio Nandinho como um médio espontâneo, que vem colmatar a saída de Mavambo, pois, a equipa carecia de um atleta capaz de criar desequilíbrios, e abrir linhas de passe para o último terço do terreno adversário, com boa visão de jogo, segurança no passe, e cultura técnica.

“O Nandinho é um jovem espontâneo. Com a saída do Mavambo, carecíamos de um abre latas, um jogador capaz de naqueles momentos de falta de inspiração da equipa, desbloquear o jogo. O Nandinho tem essas características”. Em relação ao Bruno revelou que actua na posição 6, e vem para colmatar o défice que a equipa regista neste sector.

“Nesta posição há um défice, e creio que o Bruno pode colmatar esse défice. Penso que com isso equilibramos a nossa equipa”, descreveu Mário Soares.A equipa, que encerra hoje a preparação, trabalha em sessão única no período da tarde, no relvado do palco do desafio de domingo. A equipa técnica aproveita o treino para proceder aos últimos acertos na estratégia a utilizar, depois de uma semana de trabalho aturado.
BN