Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Richard Arthur justifica contratao

Val?dia Kambata - 26 de Julho, 2017

Mdio ofensivo foi decisivo nos dois jogos dos polcias no campeonato

Fotografia: Edies Novembro

O ponta de lança Richard Arthur, que ingressou no Interclube na segunda volta do Girabola Zap 2017, já começou a dar nas vistas. O ghanense foi preponderante nos dois jogos em que entrou de inicio, ou seja, no empate com o Santa Rita de Cássia (1-1) e na vitória sobre o Recreativo do Libolo (1-0), desafios em que foi autor dos golos. 

Richard Arthur na época passada representou o Wa All Star do Ghana, faz parte  dos cinco jogadores - os outros são Serge Roland (ex-Missile da Costa do Marfim), Duarte (ex -Petro de Luanda ), Nandinho (ex -Kabuscorp do Palanca ) e Miguel (ex -Petro de Luanda ) - que o  Interclube contratou para reforçar o plantel na segunda volta do Girabola Zap.

No primeiro  jogo, enquanto titular , o avançado nascido no Ghana apontou  o golo do empate  diante do Santa Rita, que deixou  satisfeita a equipa técnica. Em face da boa exibição voltou a merecer a confiança do técnico Paulo Torres, e não defraudou no jogo ante o Recreativo do Libolo, relativo à 20ª jornada do campeonato.

Com esta aposta, os polícias acabam com o jejum de golos que existia por parte dos avançados, principal problema que a equipa enfrentou  na primeira volta. Aliás, por altura da  apresentação, o jovem ghanense garantiu que estava disposto a ajudar a equipa em golos.

“Estou a trabalhar e a adaptação está a decorrer bem. Espero cumprir tudo o que faço nos treinos. Penso que o mais importante é trabalhar, e estou a aqui para dar o meu melhor. Quero conquistar o meu espaço, porque existem  muito bons jogares no plantel, o que é bom para a equipa e os objectivos que persegue\", ressaltou o jovem médio ofensivo de 22 anos de idade.

Apesar de ter actuar em duas ocasiões, o jovem atleta  não teme  a concorrência, no meio campo dos  polícias.

“Sinto-me muito feliz, por fazer aquilo que eu gosto. Felizmente os jogos correram bem, principalmente, com a ajuda dos meus colegas que são fundamentais para a minha adaptação, aqui no clube” salientou.


DOMINGO EM BENGUELA
Polícias montam estratégia


Com o intuito de manter a senda das vitórias, o Interclube trabalha a toda o “gás” para o jogo de domingo, em Benguela, diante do 1º de Maio referente à 21ª jornada do campeonato.

A equipa trabalhou ontem no período da manhã, no Complexo Desportivo 22 de Junho, os aspectos técnicos consistiram no melhoramento  do posicionamento em campo.

Sob a orientação do técnico Paulo Torres, o grupo realizou mais um trabalho de desenvolvimento técnico, táctico e físico, de formas a colmatar algumas dificuldades que os atletas apresentam, assim como procurou formas de dotar o grupo de mais mobilidade dentro do campo.

 Na mesma sessão, o treinador dos polícias  contou com Tó Carneiro, Neblu e Paty  que estiveram ao serviço dos Palancas Negras, que disputou a 17ª edição da Taça COSAFA  e a penúltima eliminatória para a fase final do CHAN 2018.

A para disso, o grupo efectuou um jogo entre si, em que foi visível a insistência dos atletas em rematar à baliza (curta e meia distância), assim como procurou dar mais entrosamento entre os sectores, com vista o jogo com os proletários.  Hoje, a equipa volta a trabalhar a  partir das 8h30, no campo 22 de Junho, numa sessão que deve  durar aproximadamente uma hora para correcção e melhoria de alguns aspectos.
VK