Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Robertinho roda plantel

Augusto Panzo - 12 de Abril, 2016

Robertinho revelou que o grande segredo no futebol saber jogar sem bola

Fotografia: Nuno Flash

O treinador da equipa de futebol do Atlético Sport Aviação (ASA), Roberto do Carmo "Robertinho", revelou há dias que o seu plantel está a ser submetido a uma rotação constante, de maneira a conhecer melhor o leque de jogadores que tem à disposição.

"Estamos com uma equipa que se verificarem bem, de um tempo à esta parte está a ser rodada com um conjunto de miúdos no banco de suplentes, que são jogadores que podem e têm de nos ajudar, e estão preparados para exercer essa função", afirmou.

O técnico disse ao JD que o grupo de atletas em causa quando introduzido em campo, serve para dar outra velocidade ao conjunto. "Temos o Ady, o João e outros elementos que realmente podem fazer alguma diferença em termos de velocidade, no segundo tempo dos jogos.

Então, unindo a valência da juventude com a experiência, isso permite ao ASA estar preparado para anular as acções dos adversários no futuro", garantiu. 

Robertinho revelou que o grande segredo no futebol é saber jogar sem bola, ter a preocupação sempre que a equipa perde a bola, organizar-se e exercer pressão ao adversário de maneira a que este  não tenha grandes hipóteses de fazer livremente as transições de defesa - ataque.

"No futebol é preciso saber jogar sem bola, que é um facto que temos  observado em vários jogos, tanto no Brasil, como noutros países do mundo. Não se pode descuidar, e deve-se saber jogar com e sem bola. Exijo que as nossas três linhas fiquem próximas uma das outras, para que na hora utilizarmos a estratégia certa de ataque, de pressão e de meia -pressão, não tenhamos distância entre os três sectores", declarou.

DETERMINAÇÂO
Técnico transmite norma obrigatória

A confiança, o respeito e a humildade são três valências que o treinador do ASA Roberto do Carmo "Robertinho" exige aos seus jogadores em todos os desafios que envolvam a equipa.

"Tenho uma norma que é obrigatória para os meus jogadores durante os trabalhos de preparação, que passa por unir três valências importantes, que são a confiança, o respeito e a humildade. Eu exijo isso em cada jogo, cada semana, de forma a ultrapassar os diversos obstáculos durante os desafios", afirmou.

Robertinho defendeu essa filosofia, apesar de reconhecer as dificuldades financeiras que o clube vive, e que são constantemente manifestadas pela direcção presidida por Elias da Conceição José.

"Apesar das nossas dificuldades externadas pela nossa direcção, e que são de conhecimento de toda a gente e a que  direcção faz todo o seu máximo para dar uma condição melhor, razão pela qual não se cansa em buscar soluções para tal, nós acreditamos nisso e acima de tudo para vencer os obstáculos e ajudar o ASA", salientou.

À entrada da oitava ronda do Girabola Zap 2016, a formação aviadora ocupa o sétimo lugar com nove pontos em seis jogos disputados,  conseguiu três vitórias e averbou igual número de derrotas.
AP