Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

S Miranda encoraja plantel

Gaudncio Hamelay, no Lubango - 18 de Novembro, 2019

Tcnico Mrio Soares recebe cumprimentos de confiana e coragem do General S Miranda

Fotografia: Aro Martins (Hula)/Edies Novembro

Os níveis de disciplina, quer fora como dentro do campo, devem ser o pólo mais elevado que um atleta deve pautar, respeitar quem vai ao estádio assistir um jogo de futebol, considerou no Lubango, o Comandante do Exercito, general Gouveia João de Sã Miranda.
Durante a visita efectuada há dias, ao Clube Desportivo da Huíla, acompanhado dos comandantes das regiões militares, o dirigente referiu que têm apreciado os resultados da equipa, por isso, decidiu ir ao Estádio do Ferrovia ao encontro dos jogadores, equipa técnica e direcção, para uma visita de encorajamento.
“Estão aqui todos os comandantes das Regiões Militares do país, membros efectivos deste clube. Não é fácil estarmos todos sempre juntos, por isso, não queríamos deixar de aproveitar a oportunidade, já que estamos cá, no Lubango, em serviço, há alguns dias, para demonstrarmos de que estamos juntos”, disse.
O comandante do Exercito sublinhou, que além das palavras de tranquilidade e esperança transmitidas pelo técnico principal, Mário Soares, aos comandantes das regiões militares do país, acompanham através dos órgãos de comunicação social do país, o que tem sido o desempenho do Desportivo da Huíla,  no Girabola Zap.
“Gostaríamos de dizer, também, que os níveis de disciplina quer fora, quer dentro do campo, devem ser o pólo mais elevado, porque respeitar quem vai ao campo assistir e respeitar o que é o desporto a nível nacional. Ganhar sim, mas ganhar bem, com respeito, dignidade e com ética”, citou.
“Por isso, o nosso encorajamento é extensivo às vossas estimadas famílias, que muito delas à distância, têm passado as mensagens de encorajamento. Este é o vosso emprego, mas para além do vosso emprego é acima de tudo, aquilo que vocês gostam de fazer”, realçou.
Sá Miranda deixou uma palavra de apreço, ao presidente de direcção do clube e incentivou a continuar a mesma dinâmica e entrega, em prol de uma causa justa. “Os abraços foram com essa finalidade”, frisou.
“Ao presidente do Clube Desportivo da Huíla, queremos em nome do Chefe do Estado Maior General e de todos os generais o nosso apreço e solidariedade”, enalteceu.

RECONHECIMENTO
Presidente de direcção enaltece a visita


O presidente de direcção do Clube Desportivo da Huíla (CDH), Tenente - General, Fabiano Hihepa, destacou a importância da visita dos comandantes das Regiões Militares do País, aos atletas, técnicos e direcção da agremiação que dirige, como um significado que transmite  amizade, aproximação e  calor humano.
O dirigente confessou estar satisfeito com o que o clube está a fazer no presente Girabola Zap, apesar de não acompanhar, constantemente, a equipa por razões de força maior.
“Estou satisfeito com os resultados e estamos a acompanhar, atentamente, o desenvolvimento da nossa equipa. E, mesmo não estando presente, mas por onde tenho estado, deixo sempre uma palavra de encorajamento ao clube, a fim de continuar nesta senda que os citadinos querem”, assegurou.
Destacou que o único representante da província, na maior prova do futebol nacional, enfrenta algumas dificuldades e nesta altura,  os embaraços são maiores para arranjar apoios para o clube, mas sublinhou que tem sido uma luta constante.
“Estamos conscientes, que aos poucos vamos resolver esses problemas”, tranquilizou. Reforçou, mais adiante, que “as dificuldades existem em todo lado e o Clube Desportivo da Huila não é excepção”, precisou.
Reconheceu que o Girabola 2019-2020 está muito disputado, ainda assim,  espera que a equipa alcance resultados positivos. Afirmou que a época passada ocupou por mérito próprio o terceiro lugar da tabela de classificação geral, por que não sonhar com a primeira posição. “Se  chegamos ao 3º lugar, na época passada, porque não sonhar com o primeiro lugar”, almejou.
Para o capitão da equipa do Desportivo da Huíla, Chiwe, a visita do Comandante do Exercito acompanhado de todos os comandantes das regiões militares do país é uma grande lição de moral, para “continuarmos a trabalhar”.
Admitiu,que o Girabola está muito disputado, mas prometeu uma equipa determinada e com garra de vencer os jogos. “Podem esperar um Desportivo da Huíla de sempre, com a mesma determinação, garra, vontade e moral de vencer os jogos. Ganhar e sempre é o que vem nas nossas mentes”, garantiu.