Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Sagrada e Maquis jogam dribi do Leste

Betumeleano Ferr?o - 16 de Setembro, 2017

Sagrada Esperana tem a responsabilidade de puxar dos gales para contagiar o FC Bravos do Maquis

Fotografia: Jornal dos Desportos

Os militares entram em campo com a mão na massa, agora só precisam transformar em realidade o que todos esperam, sorte diferente têm o Sagrada Esperança na recepção ao FC Bravos do Maquis e o Kabuscorp na deslocação ao reduto do Progresso da Lunda Sul.

Se entrar com a ambição de chegar, ver e vencer, o Desportivo da Huíla vai cumprir com a sua obrigação, mesmo que tenha de sofrer, em dose extra, contra um adversário que se mostra incapaz de fugir da zona da despromoção. Os militares têm mais qualidade e com uma aceleração podem fugir no resultado, não obstante a grande réplica que os católicos gostam de dar no seu reduto a equipas mais competitivas.

O dérbi do Leste vai mexer com o Dundo, a partir das 15h00, realmente diamantíferos e maquisardes são as maiores forças da região, sendo por isso normal que qualquer um deles tenha a ambição de prevalecer para não permitir nem mancha nem mácula no seu domínio.

A jogar em casa, o Sagrada Esperança tem a responsabilidade de puxar dos galões para contagiar o FC Bravos do Maquis. É verdade que os maquisardes estão a atravessar uma fase menos boa, ainda assim são os diamantíferos que têm de dar o exemplo para que o jogo não caía no ritmo pretendido pelo adversário.

O campeonato se encaminha para o fim, com o Sagrada Esperança numa boa classificação, até certo ponto os diamantíferos estão atrás do lucro porque superaram a meta inicial, este ano a equipa não lutou pela manutenção. Os maquisardes estão aquém do perspectivado, mas se a partir de hoje iniciarem uma boa colheita de pontos ainda vão a tempo de melhor a sua posição na tabela classificativa.

Longe do comboio do título, o Kabuscorp do Palanca tem a difícil missão de colocar mais peso para afundar o Progresso da Lunda Sul, a partir das 15h00, nas Mangueiras. Os palanquinos vão a casa alheia cheios de cautela por causa das questões de bastidores que afligem os lundas, ninguém dúvida do favoritismo da equipa do Palanca, o que falta ver é se o Kabuscorp vai ter de suar as estopinhas para colher frutos maduros nas Mangueiras.