Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Sagrada e Maquis tentam ganhar flego

Betumeleano Ferro - 19 de Setembro, 2015

Diamantferos jogam com o Domant FC no estdio do Dande

Fotografia: Paulo Mulaza

O resultado deste embate interessa muito mais ao Sagrada, o sorteio parece ter saído em auxílio dos diamantíferos, agora venham os 90 minutos para vermos se os pupilos de Zoran Maki conseguem aproveitar as chances de permanência.

As causas da má fase do Sagrada Esperança estão identificadas, mas é preciso que a equipa demonstre, que também quer permanecer na Primeira Divisão. O bom futebol que a equipa às vezes joga, está a ser insuficiente, porque faltam golos para vencer.

Sem desprimor para o Domant, é quase uma certeza de que se o Sagrada for incapaz de aproveitar um jogo com um adversário directo na fuga à despromoção, vai ter sérias dificuldades de ter estofo mental para suportar a pressão das quatro derradeiras jornadas.

A deslocação ao Dande é o momento do tudo ou nada, para a equipa de Zoran Maki, o técnico sérvio está acostumado a levar seus pupilos rumo à sobrevivência em ocasiões como estas, mas se a equipa não ganhar esta tarde...

O FC Bravos do Maquis parece ter perdido a motivação, para manter-se na Primeira Divisão, o dinheiro salvador demora a chegar, motivo por que os maquisardes estão a afogar-se no redemoinho da despromoção, a equipa do leste é antepenúltima com 23 pontos. 

A visita ao Progresso do Sambizanga tem tudo, para ser uma tarde competitiva ou para cumprir calendário, a motivação dos jogadores vai ser determinante para alcançar uma vitória, único bom resultado possível, diante de um adversário muito intermitente.

 O Progresso é uma equipa muito imprevisível, mas tem de ser considerado favorito, porque tem toda a tranquilidade de que necessita para concentrar-se  apenas em jogar. Os sambilas estão longe de terminar entre os cinco primeiros, mas podem pelo menos acabar o campeonato, com o maior número de vitórias possíveis, o Maquis é um adversário mais do que acessível.