Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Sagrada prapara deciso

16 de Maio, 2016

Diamantferos preparam jogo com Young Africans da Tanznia referente segunda mo da ltima eliminatria

Fotografia: Jos Soares

O Sagrada Esperança começa hoje no Dundo a preparar o jogo da segunda mão, da última eliminatória de acesso à fase de grupo da Taça da Confederação, frente ao Young Africans da Tanzânia, a disputar na quarta-feira às 15h00, no seu estádio.

Com desvantagem de duas bolas, o representante angolano nas competições africanas está ciente das responsabilidades e sabe o que o país espera de si, nesta partida.

No jogo de todas as decisões, os diamantíferos têm a obrigação de brilhar para anularem a vantagem. Os angolanos estão orgulhosos do percurso do seu embaixador, mas a não qualificação pode manchar tudo o que fizeram até ao momento.

A preparação nos dias que antecedem o jogo, é determinante para o conjunto orientado por Zoran Maki que tem a missão de encontrar o antídoto para afastar os tanzanianos. Anular os pontos fortes e explorar ao máximo as suas debilidades é a aposta do sobrevivente angolano nas Afrotaças.

Melhorar os aspectos técnicos e tácticos, corrigir os erros cometidos nos últimos jogos, é  preocupação do treinador diamantífero para as sessões que antecedem o jogo decisivo de quarta-feira.

"Temos de mudar a nossa postura, porque estamos em desvantagem de dois golos. Vamos trabalhar para melhorar a finalização. Os nossos atacantes não têm estado bem nos últimos jogos, e isto é preocupante", reconheceu o técnico depois do empate na recepção ao Recreativo da Caála.

Em termos realísticos, afigura-se uma tarefa difícil para o Sagrada Esperança inverter a eliminatória a seu favor , não apenas pela desvantagem, mas acima de tudo pela experiência do seu adversário nas competições sob a égide da Confederação Africana de Futebol.

Como ao longo da campanha a esperança continua a ser sagrada, nada está perdido. Os lundas podem e têm capacidade para fazerem mais e melhor no seu reduto e acabar por eliminar o seu opositor.

É óbvio que o Sagrada vai jogar sob pressão, daí que o trabalho psicológico deve ser uma componente a ter em conta, mas tudo  depende da forma como os jogadores abordarem o jogo.

De resto, com o espírito de “ guerreiros “ e defensores do futebol angolano, os diamantíferos não devem abdicar da sua estratégia mais ofensiva que permita marcar os três golos que possibilitem passar à eliminatória, sem descurar a defesa para não voltarem a ser surpreendidos.

AFROTAÇAS
CAF aumenta
número de equipas

A fase de grupos da Liga dos Campeões e Taça da Confederação (CAF) passa a ter o dobro das equipas, revelou o presidente da Confederação Africana de Futebol, Issa Hayatou, à margem do Congresso da FIFA, realizado no México

De acordo com o site electrónico Rede Angola, o dirigente disse que as duas competições africanas passam a ser divididas por quatro grupos, ao contrário dos oito divididos por dois grupos do modelo actual.

As alterações entram em vigor na próxima época, adiantou o responsável camaronês numa assembleia -geral da CAF, realizada no México, e que contou com a presença de Gianni Infantino, presidente da FIFA.

O líder da CAF não esclareceu como  as equipas são sorteadas ou em que momento entram na fase de grupos. Das duas uma, ou o número de eliminatórias que precede à fase de grupos, actualmente quatro é reduzida, ou o número de equipas apuradas para as competições aumenta.

Esta segunda hipótese pode ser particularmente simpática para o Girabola, que neste momento coloca nas Afrotaças  o campeão do Girabola e o vencedor da Taça de Angola.