Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Sambilas j pagos vo a Calulo

Avelino Umba - 11 de Maio, 2019

A direco do clube fez um esforo grande, para pagamento a metade de um salrio

Fotografia: Edies Novembro

Durante uma semana sem treinar, sob o pretexto e protestos de não jogar na Taça de Angola, e consequentemente nas duas últimas jornadas do Girabola ZAP 2018/19, o Progresso do Sambizanga recuou da decisão e viajou ontem para à vila de Calulo, em visita ao Recreativo do Libolo, para o jogo referente à 29ª jornada do Girabola Zap 2018/19,que se efectua hoje, às 15h00, no Estádio de Calulo .

O recuo, por parte dos jogadores, deve-se ao acordo, na manhã de terça-feira, firmado entre a direcção presidida por Paixão Júnior e os jogadores, que culminou com o pagamento de metade de um salário, dos oito meses em atraso.

O acordo feito no início da manhã de terça-feira,  em reunião realizada no Complexo do Cube, na presença  do técnico Hélder Teixeira que ao Jornal dos Desportos confirmou o facto, afirmou que a rapaziada decidiu abrir mais uma vez o diálogo com a direcção do clube e também, como forma de não defraudar os apoiantes da equipa.

 "A direcção do clube fez um esforço grande, para pagamento a metade de um salário, dos oitos em atraso. Ficou a promessa de pagamento da outra metade, na sexta-feira (ontem). Com este acordo e dada  a situação que o clube atravessa, em termos financeiros, a rapaziada aceitou sair de casa para o Estádio dos Coqueiros,  onde jogou e ganhou ao ASA, por duas bolas sem resposta, mesmo sem treinar, qualificou-se para os quartos -de -final da Taça de Angola em Futebol" disse o treinador.

O técnico aproveitou para enaltecer  os feitos dos marcadores Celso, que rubricou aos 68m e Liliano aos 87m. Não deixou de valorizar o conjunto, pelo facto de entrar em campo, quando estava há uma semana em casa sem treinar, por  motivo de falta de pagamento de oito meses de salários.

No entanto, este jornal sabe, que a direcção do clube  comprometeu-se, por outro lado, com o pagamento de mais um salário, antes do último jogo do campeonato com o Petro de Luanda.

Na última edição, desta segunda maior competição de futebol do país, disputada em 2017, o Progresso tinha chegado às meias-finais, foi eliminado pelo 1º de Agosto, com derrota na primeira "mão" (2-3) e empate nulo na segunda.

O próximo adversário do Progresso é a equipa do 1º de Agosto, que venceu o Cuando Cubango, na última quarta-feira, na cidade de Cuito -Bié. No Girabola Zap 2018/19, os sambilas ocupam a sexta posição com 39 pontos, na tabela classificativa e termina a prova no dia 22,  no Estádio dos Coqueiros, na recepção ao Petro de Luanda.