Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Sambilas ensaiam nos Coqueiros

Avelino Umba - 19 de Agosto, 2016

Progresso Sambizanga trabalhou no período da noite

Fotografia: Nuno Flash

Com duas horas de duração, a equipa técnica liderada por Albano César voltou a insistir na correcção de alguns aspecto que não estão muito bem afinados,  com realce à finalização.

Deste modo, em função daquilo que foi ensaiado ao longo da semana de trabalho, os sambilas estarão amanhã bastante focados na construção, organização, circulação de bola e na finalização.

Para hoje, a partir das 8h00, no Complexo Desportivo e Escolar no Sambizanga, Albano César e adjuntos agendaram um treino para os últimos acertos.
 
Yano e Chimbamba, que haviam falhado a sessão de trabalho de quarta-feira, por motivos familiares, ontem trabalharam às ordens de Albano César, depois de anteontem, após o regresso da Lunda Sul, terem treino com a equipa B, uma vez que o plantel principal havia trabalhado no período da manhã.

O melhor marcador dos sambilas (Yano) com 6 golos e o guarda-redes haviam deslocado para interior para participar do óbito de um tio.



Buchinho convence nos seniores


A ausência prolongada do central Lawrence, que se encontra na Zâmbia em tratamento médico, devido a uma lesão contraída numa das sessões de treinos em Março último, abriu portas ao jovem Jofre Faztudo "Buchinho", promovido este ano ao escalão sénior da equipa do Progresso Sambizanga.

Contrariamente ao que se vaticinou, Buchinho tem sido preponderante na manobra defensiva da equipa, onde joga, quer como lateral esquerdo, como defesa central, em função dos interesses do corpo técnico. 

Com apenas19 anos de idade, o jovem sambila tem demonstrado bastante segurança na zona defensiva, tanto que já disputou 17 jogos na condição de titular do plantel às ordens de Albano César, técnico que o projectou à equipa principal.

Como titular, Buchinho tem dado nas vistas no Girabola Zap. Apesar de ainda não ter feito gosto ao pé em nenhum jogo, o jovem disse ao Jornal dos Desportos que sente bem e vai continuar a trabalhar para ajudar a equipa naquilo que são os seus objectivos. 

"Tenho estado a fazer meu trabalho com muito afinco e dedicação. Sinto-me bem, fui muito bem recebido pelos colegas da equipa (principal) ainda por altura do estágio em Windhoek, na Namíbia, onde em companhia de outros meus colegas (igualmente promovido a sénior) nos juntamos ao grupo de trabalho", disse.

O Progresso Sambizanga não ganha há quatro jogos na segunda volta do campeonato -empatou apenas - mas isso não preocupa o defesa sambila. Contudo, disse ser importante conquistar pontos nesta fase derradeira da competição.

"Acredito que vamos fazer a nossa  parte para os bons resultados. Vamos para mais um jogo este final de semana, com um adversário  (Kabuscorp do Palanca) com quem  empatámos na primeira volta a zero bola. É um adversário que na jornada anterior vem de uma vitória, mas nós trabalhamos para contrapor todos os seus intentos e favoritismo", argumentou.

O jogador ressalta que disputadas 21 jornadas as equipas já se conhecem melhor.  

"As equipas têm um ponto positivo, já se conhecem melhor. O Kabuscorp em sua casa é bastante forte. Mas nós trabalhamos no intuito de neutralizar as suas jogadas, impondo o nosso jogo," afirmou.