Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Sambilas jogam sem Chil

Avelino Umba - 06 de Abril, 2019

Os sambilas esto h oito jornadas sem conhecer o sabor da vitria

Fotografia: Santos Pedro | Edies Novembro

O avançado do Progresso Sambizanga, Chiló, depois de falhar o jogo de empate (1-1) com  o  Kabuscorp do Palanca  no estádio dos Coqueiros, volta a não defrontar hoje o Interclube, a partir das 17h00, no mesmo local, devido ao castigo federativo a que foi submetido pelo Conselho de Disciplina da Federação Angolana de Futebol. O atleta viu um cartão vermelho directo no desafio contra o 1º de Agosto, com quem a sua equipa perdeu por 0-3 no estádio dos Coqueiros, na partida referente à 21ª jornada.

Chilo,  que está a caminho de duas épocas na equipa sambila, onde  tem sido um dos mais utilizados do plantel pelo técnico Hélder Teixeira, é uma ausência de vulto para o jogo contra os policias.Na presente edição, tem sido um titular fundamental na manobra da equipa. Realizou a maioria dos desafios, marcando e dando a marcar golos, quatro no total.

Nas opções para o lugar deixado por Chiló, durante o tempo de castigo, o treinador Hélder Teixeira tem dois fortes candidatos: Júlio e Pedy, que estão de volta às contas da equipa técnica, para a partida diante dos policias, um adversário complicado para os sambilas.

Os avançados estão todos à disposição de Hélder Teixeira, numa altura em que este sector tem feito poucos golos. É notória, cada vez mais, a dependência da equipa ao internacional Yano, que rubricou o golo do empate contra o Kabuscorp do Palanca.

A equipa do Progresso Sambizanga descarta a hipótese de um novo tropeço, no duelo diante do Interclube a ter lugar hoje, a partir das 17 h00, no estádio dos Coqueiros, referente a 23ª jornada do Girabola Zap 2018/19.Os sambilas estão há oito jornadas sem conhecer o sabor da vitória. Deste modo, a rapaziada às ordens de Hélder Teixeira quer, a todo o custo, realizar partidas que traduzam em resultados positivos 

O moral dos jogadores não é o mais esperado, face aos problemas financeiros que assolam a equipa. Deste modo, o treinador Hélder Teixeira assegurou ao Jornal dos Desportos, que a equipa técnica fez a sua parte durante os dias de preparação e cabe agora aos atletas cumprirem com a sua parte, dentro das quatro linhas.