Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Sambilas podem contar com Yano

Avelino Umba - 22 de Novembro, 2018

Capito do Progresso dado como certo no desafio com o Cala

O avançado Yano, do Progresso do Sambizanga, ficou privado de ajudar a sua equipa nas duas primeiras jornadas do Girabola Zap 2018/2019, devido a uma micro -ruptura  no joelho esquerdo, pode ser opção para o jogo de sábado às 16h00, no Estádio dos Coqueiros, com o Recreativo da Caála, pontuável para terceira ronda da competição, soube ontem, o Jornal dos Desportos, do treinador Hélder Teixeira.
O treinador revelou que a equipa trabalha sem grandes constrangimentos para os novos desafios do campeonato, depois do empate (1-1) na ronda inaugural com o FC Saurimo, nos Coqueiros, e da vitória no Tafe sobre o Sporting de Cabinda, por 3-
\"A equipa está motivada, fruto dos resultados alcançados nas duas primeiras jornadas, pois, durante as sessões de treino temos notado da parte dos jogadores, grande vontade e entrega de fazer bem as coisas, por isso, sentimo-nos satisfeitos. Estamos felizes, também, pelo regresso de Yano ao trabalho, sem condicionalismo, e que pode ser opção no onze inicial do jogo de sábado com o Caála\", disse.
Deste modo, cumprido que está a pausa que o Girabola Zap registou devido os compromissos da Selecção Nacional, para o apuramento ao CAN de 2019, a formação sambila não mede esforços para retomar em grande a competição. 
Depois do primeiro dia da semana (segunda-feira) ser aproveitado para à melhoria da condição física, na floresta da Ilha de Luanda, a equipa vai trabalhar até amanhã no período da tarde no seu complexo desportivo, ao Sambizanga, para no sábado receber os caálenses.
Nos dias que antecedem o jogo, os trabalhos decorrem com normalidade, dá a sensação que o empate (1-1) na primeira jornada, no jogo com o FC Saurimo, e a vitória (3-0) em Cabinda, catapultam a equipa para melhores lugares na tabela classificativa.
O Progresso do Sambizanga, sob comando de Hélder Teixeira, está a provar que não caminha sem a equipa de formação, ou seja, está a enriquecer os seniores de talentos. Aliás, o treinador benguelense é o que mais jovens projectou para equipa principal.