Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Sambilas recuperam jogadores com leses

Avelino Umba - 16 de Agosto, 2017

Sambilas realizam hoje mais um jogo amistoso frente a formao aviadora

Fotografia: Santos Pedro |Edies Novembro

A equipa técnica do Progresso do Sambizanga está a aproveitar a pausa que se regista no Girabola Zap, para recuperar alguns atletas influentes, que por razões de lesões e doença encontravam-se afastados do plantel. Se por um lado a paragem quebrou o ritmo competitivo, por outro, serviu para resgatar os jogadores que estavam indisponíveis.

Kito Ribeiro e os seus colaboradores sentem-se aliviados com a reintegração no plantel do central Ndie Massadila, que esteve a contas com  paludismo. O atleta está a dar bons indicadores e pode voltar a ser utilizado nos próximos jogos. O atacante Fofó, melhor marcador da equipa com oito golos, deixou de ser preocupação e trabalha sem limitações com o grupo. O avançado está recuperado da ligeira lesão ao joelho direito, e está apto para o dérbi diante do Kabuscorp na próxima jornada.

O guarda-redes Badrick contratado esta época para reforçar a baliza e ajudar a equipa a atingir os objectivos preconizados pela direcção do clube, falhou a sessão de ontem por contrair uma lesão no jogo - treino realizado sábado diante do ASA, com quem perdeu por 0-1.O técnico - adjunto do Progresso do Sambizanga, Diogo Pedro "Dione", referiu que não há nada de grave com o jogador, por isso, aguardam o seu reenquadramento o mais rápido possível no plantel.

"O Badrick sofreu uma lesão no jogo amistoso que realizámos frente ao ASA, e achamos por bem ser observado pelo departamento médico. Esperamos que não seja nada grave, para que possa regressar o mais rápido possível ao grupo de trabalho", salientou.Na lista dos ausentes constam ainda os nomes de Cabibi e Gaca, por razões justificadas, enquanto Celso por motivos desconhecidos falharam o primeiro treino da semana, numa sessão em que o técnico Kito Ribeiro esteve muito interventivo.

Diogo Pedro "Dione" considerou o primeiro dia de trabalho da semana como positivo, e enalteceu a entrega dos atletas. Em relação aos ausentes, afirmou que alguns atletas foram dispensados pela equipa técnica, e não há motivos para preocupação."Apesar de algumas ausências justificadas, a entrega dos jogadores presentes foi notória. Tivemos um bom início de trabalho com uma sessão única.

Repousamos de tarde e voltaremos a trabalhar amanhã (hoje) à mesma hora, ou seja a partir das 10h00 no mesmo local, no complexo desportivo e escolar no Sambizanga", revelou.A sessão de treino realizada ontem serviu para o treinador dos sambilas, Kito Ribeiro, recuperar o grupo da condição física e corrigir os detalhes da estratégia de jogo que não surtiu os efeitos desejados na partida anterior.

JOGOS AMISTOSOS
“Queremos cumprir a programação”


Diogo Pedro "Dione" afirmou que a equipa técnico do Progresso pretende realizar todos os jogos amigáveis gizados para este período de pausa. "Até agora, continua de pé a programação dos jogos agendados. Vamos realizar um na quarta-feira, e mais dois no final de semana, ou seja, sábado e domingo", anunciou.

Sem revelar o local e nome das equipas, o técnico sublinhou que as três partidas agendadas visam colmatar o vazio que se regista na maior prova de futebol nacional, e recuperar os atletas para estarem todos em prontidão.  "A pausa de um modo geral quebra o ritmo competitivo das equipas, apesar de algum aproveitamento que se pode tirar do mesmo, com a recuperação de jogadores lesionados que se encontram entregues no departamento médico", acentuou.

A correcção de alguns aspectos técnicos tem merecido igualmente atenção da equipa técnica. "Vamos corrigir alguns erros registados nos jogos  realizados. É bem verdade ,que as paragens acabam por quebrar o ritmo competitivo, porque o jogador quer jogar, ao contrário de quando só se treina, acaba por ficar saturado", reconheceu. De resto, a intenção de cumprir à risca o programa de trabalho, de acordo com Diogo Pedro, visa manter o ritmo competitivo da equipa com destaque para os atletas com poucos jogos.