Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Sambilas vencem e convencem

Avelino Umba - 30 de Outubro, 2016

Os golos do Progresso Associação Sambizanga diante do Sagrada Esperança da Lunda Norte foram marcados por Jonatha e Silva aos 55 e 89 minutos respectivamente

Fotografia: João Gomes

A equipa do Progresso Sambizanga venceu e convenceu ontem, no estádio da Cidadela, ao derrotar o Sagrada Esperança da Lunda Norte, por 2-0.

Os golos foram apontados por Jonatha aos 55 minutos e Silva aos 89 minutos, em partida referente à 29ª Jornada do Girabola ZAP.

O jogo começou bastante intenso com o Progresso a dominar e a ter maior posse de bola, mesmo no ultimo reduto do adversário onde houve muitas  com oportunidades claras de golos, porém desperdiçadas.

Um delas foi aos 8 minutos quando, numa jogada bem combinada entre Silva, Yano e Almeida...para na hora da verdade o pé de Yano não ter "enviado" a bola para a direcção certa.

Com jogadas bem delineadas, à passagem do minuto 26, a dois metros da pequena área, Nzau rematou muito forte para a figura de Yuri.

O Sagrada Esperança acordou e foi buscando da sua cartola a arte de bem jogar à bola. À do minuto 39, Love, perto de canto da pequena área,  fez marcaria o primeiro golo da partida, mas a pronta intervenção do defesa Lawrence não  permitiu que o camisola 7 rematasse directamente para a baliza defendida por Nyame Petrick.

Aos 41 minutos, Guedes assistido pelo Ayala, que também tinha tudo para marcar, não fosse a bola ter embater num jogador contrário do sambila que deu azo a um pontapé de canto.

SEGUNDA PARTE
Na segunda parte, esperava-se um Sagrada mais agressivo, mas foram os donos da casa que tiveram maior protagonismo no jogo. Aos 55 minutos Jonatha desferiu um remate sem qualquer defesa de Yuri e estava assim feito o primeiro golo da partida.

 A partir deste momento a equipa sambila foi chegando mais vezes  ao ataque, com duas finalizações perigosas, uma com defesa apertada de Yuri outra logo um minuto depois com Viete chutar a bola para fora da baliza.

Quando muito mais se esperava aos 89 minutos, já  com o publico a abandonar o estádio, aconteceu uma jogada bem combinada  em que Yano, assistiu para a Silva, que não teve meias medidas: anichou a bola no fundo da baliza do Sagrada sem qualquer defesa de Yuri, fazendo o 2-0.  E foi um resultado justo, num jogo acompanhada por uma equipa de arbitragem que esteve bem no capítulo técnico e disciplinar.