Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Saraiva d tranquilidade ao ASA

Augusto Panzo - 27 de Junho, 2017

Equipa do aeroporto soma terceiro triunfo consecutivo e d sinais de mudana

Fotografia: Paulo Mulaza, Edies Nouvembro

A equipa do Atlético Sport Aviação (ASA) vive momentos de bonança, na segunda volta do  Girabola Zap 2017, conseguiu a segunda vitória consecutiva neste turno, e a terceira às ordens de Paulo Saraiva que colocou os aviadores de vento em popa na luta pela salvação da época.

O resultado de 1-0, alcançado diante do FC Bravos do Maquis, no Estádio Mundunduleno, assim como o pronunciamento feito pelo treinador no final do referido jogo, assim deixa transparecer. \"Conversámos com os jogadores, e incutimos nas suas mentes a ideia de que a segunda volta seria muito difícil. Temos estado a trabalhar neste sentido e graças a Deus os resultados têm sido animadores\", começou por dizer o treinador aviador.

Paulo Saraiva voltou a reafirmar a necessidade de triunfar, em todos os jogos que o ASA tem pela frente, evitar as derrotas no máximo, embora, os jogos tenham três resultados possíveis. \"Tal, como tenho vindo a afirmar, o nosso pensamento actual está virado para as vitórias.

Queremos evitar as derrotas da melhor forma possível, nos próximos jogos, apesar de fazerem parte do figurino dos resultados de qualquer jogo, porque estamos a trabalhar com um propósito bem definido, que é de sairmos da situação em que nos encontrámos\", disse o treinador no fim do jogo com os maquisardes, disputado no Luena, referente à 17ª jornada do Girabola Zap.

Por se tratar de resultados que evidenciam o equilíbrio nos jogos, Paulo Saraiva admite as hipóteses de consentir empates só em situações em que estes sejam bem justificados. \"Não digo que não podemos consentir empates, visto que fazem parte dos três resultados possíveis, para qualquer jogo. Na verdade queremos a todo o custo evitar isso. Espero, que consintamos os empates, só em casos bem justificados\", atirou.

Entrar em campo a respeitar todos os adversários é outro lema que Paulo Saraiva procura valorizar, de maneira a evitar as surpresas, logo de princípio. Sob a orientação técnica de Paulo Saraiva, o Atlético Sport Aviação (ASA) venceu a Académica do Lobito, por 2-0, na 15ª jornada  (última da primeira volta), ao passo que neste turno complementar derrotou o Desportivo da Huíla, e o FC Bravos do Maquis na 16ª e 17ª rondas por 1-0.
AP

TREINADOR AVIADOR
“Os rapazes estão confiantes”

O treinador Paulo Saraiva reconheceu o bom momento que o ASA atravessa, em função dos resultados positivos que está a alcançar no Girabola Zap desde que assumiu o comando, e realça a motivação que regista entre os seus pupilos nos dias que correm. \"A minha rapaziada está motivada. Até porque, não podia esperar-se por outra postura,   as vitórias motivam a qualquer ser, sobretudo, quando são alcançadas na condição em que nos encontramos\", destacou.

Não obstante isso, Paulo Saraiva recorda que os jogadores do ASA estão conscientes das responsabilidades que têm nos próximos jogos, em função da situação ainda aflitiva  que a equipa se encontra. \"Os meus jogadores estão motivados, tal como já o disse, mas estão conscientes de que o que se conseguiu até agora, ainda não nos diz nada, com relação aos nossos objectivos.

Precisamos de mais empenho, para que continuemos nessa senda de vitórias, e consigamos os nossos objectivos, que se traduzem na manutenção do ASA no Girabola\", assumiu o técnico. Quanto ao complemento dos diversos sectores do plantel, Paulo Saraiva disse estar bem servido, com especial destaque para a zona de ataque.

\"Até neste momento, a equipa está bem servida em todos os sectores. Destaco aqui, o sector atacante, que nos satisfaz de jogo para jogo, dada a experiência que os jogadores daquele sector carregam\", explicou. A equipa volta ao trabalho esta manhã, no seu reduto, só com o grupo que não fez parte do jogo de domingo, no Luena, pois, os convocados observam hoje um dia de repouso,  retomam os treinos só amanhã.

O ASA defronta a formação do Sagrada Esperança da Lunda Norte na próxima jornada, uma tarefa que Paulo Saraiva considera difícil, mas não impossível de vencer, razão pela qual vai aprumar o grupo em todos os aspectos, para que a massa associativa aviadora volte a sorrir no final da referida contenda.
AP