Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Segunda volta arranca quarta-feira

Betumeleano Ferro - 25 de Fevereiro, 2019

Militares defrontam polcias no regresso do campeonato nacional

Fotografia: Paulo Mulaza

Sem a sombra do rival directo, Petro de Luanda, cujo jogo com o Libolo foi adiado por causa das afrotaças, o 1º de Agosto vai tentar aproveitar a tranquilidade que costuma ter nos dérbis com o Interclube para na quarta-feira, 27, às 17h00, no 11 de Novembro, somar, seguir e lançar mais pressão aos que o perseguem.
Os militares há muitas épocas seguidas que conseguiram construir uma supremacia sobre os polícias, é possível que este ciclo de vitórias volte a ter influência positiva ou negativa no desempenho final dos contendores. Ainda não é o caso de se dizer que o 1º de Agosto costuma passear no dérbi com o Interclube, contudo, a realidade indicia que não falta muito para se chegar a este ponto porque o campeão aparece sempre intratável para evitar dar chances ao Interclube.
A viver uma boa fase no campeonato, o 1º de Agosto ambiciona consolidar a sua posição de líder ante um Interclube que nesta fase já perdeu o estatuto de candidato, pois mexeu no seu comando técnico para corrigir o que está mal.
 Os militares já estiveram intermitentes em alguns jornadas, os adeptos como sempre fizeram a habitual cobrança e a equipa deu a devida resposta, há pois todas as razões para acreditar que não é no dérbi que o campeão vai tentar relaxar.
O dérbi é feito de detalhes, um deles às vezes costuma ser o trunfo da equipa em menos forma competitiva, esta é uma das tábuas de salvação em que os polícias vão se apegar para tentar surpreender os favoritos militar. A reestruturação por que passam os polícias com os novos alicerces lançados por Bruno Ribeiro vai ser bem testada pelos militares, ainda não é o teste decisivo mas vai ser determinante para o treinador concluir se o seu plantel tem mesmo qualidade para enfrentar uma equipa da sua bitola.
A mudança de treinador efectuada pelo Interclube é capaz de forçar o 1º de Agosto a ser um pouco cauteloso na fase inicial do dérbi, fica claro que os militares vão ter de actualizar o conhecimento do adversário, antes de se esticarem para chegar a vitória. Há motivos para acreditar que os polícias querem aproveitar o dérbi como a montra certa, assim então, os militares vão tentar impedir que a cara lavada que o Interclube ambiciona apresentar, apareça contra o campeão.
O 1º de Agosto é o alvo a abater não apenas por causa da questão do título, quase sem sofrer golos e sem perder durante toda a primeira volta, é legítimo que os adversários tenham ambições de provar que não há nenhuma defesa de betão. Mais do que isso, tornou-se um desafio derrotar os militares, doravante, este vai ser um outro aliciante que as demais equipas vão tentar alcançar sempre que estiverem em campo contra os militares.A caminhar tranquilo e seguro para a revalidação, o 1º de Agosto vai tentar aproveitar o dérbi para também dissipar dúvidas, as muitas paragens (des)necessárias que o campeonato tem tido até certo ponto vieram beneficiar os próprios militares, tiveram algum descanso para recuperar as forças que faltaram numa certa etapa da primeira volta. 
Se é verdade que os polícias anseiam mostrar que estão renovados, o oposto também é verdade, os militares querem enviar recados para todas as direcções ainda mais porque sentem que com excepção do tradicional, Petro de Luanda, mais nenhum outro rival aparenta ter pernas para aguentar a sua passada larga, pois ainda têm de superar o sensacional Desportivo da Huíla.
A fazer uma campanha histórica, os militares da frente sul vão às chanas do leste defender o terceiro lugar num jogo bastante difícil ante o FC Bravos do Maquis, às 15h00 no Mundunduleno. Os maquisardes gostariam de estar no lugar onde está o adversário, ser anfitrião não garante nada ao Maquis, vai ser necessário suar a dobrar para conseguir contrariar o favoritismo alheio, quer queira quer não, o FC Bravos tem de aceitar que o Desportivo tem no plano teórico todas as condições para somar mais 3 pontos para dar continuidade as coisas boas que tem feito no campeonato.