Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Sempre acreditei no escalo de formao do nosso clube

Benigno Narciso - Lubango - 05 de Dezembro, 2019

Tcnico est satisfeito com percentagem dos jogadores formados

Fotografia: Agostinho Narciso | Edies Novembro

O técnico do Desportivo da Huíla acredita no sucesso da academia de futebol do clube, cuja abertura está agendada para o próximo ano, nesta cidade. Sublinhou que os resultados obtidos, fruto da aposta da direcção nos escalões de formação do clube desde 1999, data da sua fundação, está à vista de todos.
Mário Soares realçou que o desafio passa por “constituir uma escola de futebol, no verdadeiro sentido da palavra”, e apontou a título de exemplo, a prestação da equipa no Girabola Zap com a integração no plantel de jogadores jovens.
O treinador disse que está satisfeito com a percentagem de atletas jovens formados no clube e revelou, que a qualidade da formação do grémio afecto à Região Militar Sul é aceitável. “A nossa equipa que tem tido uma regularidade na média ou acima da média”, realçou.
Disse que a “regularidade, no Girabola, é vista com a participação de muita juventude formada nos escalões de base do clube. Por isso, acredito e sempre acreditei na formação do Clube Desportivo da Huíla”, afiançou.
O técnico, que está ligado ao clube afecto à Região Militar Sul há mais de cinco épocas, é referenciado no mercado de trabalho como um treinador talhado para a formação, descoberta e lançamento de jovens talentos para a fina-flor do futebol nacional, na alta competição.
“Modéstia à parte, sou um treinador que trabalhei muitos anos na formação e olho muito para essa juventude, e os resultados da equipa sénior do Desportivo da Huíla está à vista. Temos apresentado muitos jovens, e isso por si só, revela que há alguma qualidade na formação”, assumiu o técnico.

DESPORTIVO
Técnico orgulhoso com resultados obtidos


Humilde, mas crente nas suas capacidades, fruto do labor, empenho, dedicação, capacidade de lapidar e rentabilizar talentos, Mário Soares reconhece que as suas qualidades é o resultado do que tem obtido ao serviço do futebol nacional.
Assegura que é suspeito, por falar de si próprio, porém os resultados são visíveis. “Temos procurado com o nosso saber dar o melhor, em prol do clube e do país, de um modo geral”, destacou.
O técnico revelou que não puxou para si a razão da verdade em relação aos resultados que o projecto de formação do Desportivo tem obtido, facto que tem permitido constituir um plantel integrado por mais de 80 por cento de atletas formados no clube.
“Agora, façam análise se temos ou não temos qualidade. Mas na minha modéstia opinião, o Desportivo tem qualidade na formação”, referenciou.
O central e capitão da equipa Chiwe, os defesas Sidney, Sargento, Emilson, Muenho, Zé, os médios Malamba, Nunu, Manico, Elias, Bruno de Jesus constituem dentre outros que integram o plantel, o resultado da formação do Desportivo.