Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Soares pretende brindar os adeptos com vitória

Benigno Narciso - 12 de Maio, 2018

Treinador dos militares huilanos almeja nova vitória em casa

Fotografia: Santos Pedro | Edições Novembro

O técnico do Desportivo da Huíla, Mário Soares, manifestou a obrigação da equipa  vencer amanhã a formação do Recreativo da Caála, no Estádio do Ferroviário, no Lubango, referente à 15ª jornada do Girabola Zap 2018, por se tratar de um adversário “acessível” aos interesses dos militares huilanos. 
“Vamos procurar por um bom resultado, porque contra o Recreativo da Caála é daqueles jogos em que não é para obtermos um excelente resultado, mas apenas para mais um resultado positivo, porque é a nossa obrigação conseguir pontos em casa, diante desses adversários”, disse.
Mário Soares revelou que a equipa aprimorou, com todo o cuidado, os pormenores considerados fundamentais para a estratégia definida para o desafio. A atenção recaiu em potenciar a capacidade de controlo e a gestão dos níveis de ansiedade, por parte dos atletas na altura da finalização, e da ânsia em querer ganhar o jogo desde cedo e à todo o custo.
“Houve pormenores em que tivemos de trabalhar. O futebol hoje é o pormenor, nomeadamente, a ansiedade na altura da finalização e a ansiedade de querer ganhar o jogo a todo custo. Sentimos, que isso de quando em vez, belisca as nossas pretensões, principalmente, no capítulo da finalização”, disse.
O treinador da formação afecta à Região Militar Sul revelou confiança no trabalho desenvolvido e nas capacidades do grupo.
Neste sentido, deixou no ar a promessa do grupo quebrar a sequência dos quatro empates registados nas últimas cinco jornadas. Entende que uma vitória, aliada a uma excelente exibição, serve de reconciliação e reaproximação entre a equipa e os adeptos.
“Temos consciência do nosso trabalho e esperemos que contra a Caála, os níveis de controlo de ansiedade estejam mais elevados, estou a falar de ansiedade, estejam mais controlados. O nosso público merece. Estamos um pouco distante dos excelentes resultados, principalmente, em casa. Achamos, que uma vitória, aliada a um bom resultado, seja uma boa prenda para os nossos adeptos”, exteriorizou.