Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Somos teoricamente favoritos

Jlio Gaiano , no Lobito - 20 de Abril, 2019

A Acadmica do Lobito ocupa a 12 posio da tabela da classificao geral

Fotografia: Edies Novembro

O próximo jogo da Académica do Lobito, amanhã às 15h30, no estádio do Buraco, diante do Cuando Cubango FC, é para ganhar de forma a recuperar os ânimos e a equipa continuar a luta pela manutenção na mais alta-roda do futebol nacional. Estas afirmações pertencem a António da Conceição Lopes “Chiby”, técnico-adjunto do estudantes, que reconhece o facto de estarem a atravessar momentos difíceis no Girabola Zap 2018/2019. 

“Estamos a atravessar momentos difíceis na luta pela sobrevivência no campeonato. Apesar de a equipa apresentar um bom futebol, continua a pecar em demasia na finalização. Isso é preocupante, para quem necessita de pontos, para se manter no Girabola Zap. Estamos tudo a fazer, no sentido de inverter o quadro que está a nosso desfavor. Espero que, domingo (amanhã), a rapaziada transfigure-se e consiga os três pontos, até porque, do ponto de vista teórico, somos favoritos”, realçou. 

António Lopes “Chiby” admite, que a componente psicológica da equipa está na mó de baixo. Ainda assim, garante que todos os esforços estão ser envidados, no sentido de se ultrapassar tal situação, o mais cedo quanto antes. Aponta a vitória como antídotos, para sarar o grupo da depressão em que se encontra mergulhada. 

“É nesta perspectiva que dissemos, que o próximo jogo é para ganhar se quisermos sair da situação do buraco em que nos encontramos. Vai ser complicado, mas não temos alternativas senão vencer o jogo”, comentou o mister António Chiby, para quem, a presença do público no estádio (Buraco) servirá de catalisador para a equipa que, há muito, se vê distanciada dos seus tradicionais apoiantes.

A Académica do Lobito ocupa a 12ª posição da tabela da classificação geral, com 24 pontos, quatro pontos acima do seu oponente da jornada 26, Cuando Cubango FC (15ª/20). Em caso de triunfo no embate de amanhã, a formação lobitanga chega aos 27 pontos e com fortes possibilidades de ultrapassar o Santa Rita FC do Uíge (11ª/25), isto é, na eventualidade desta colectividade uigense “baquear” no confronto com o Progresso Associação Sambizanga.