Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Sporting do Bi aguarda notificao da direco do Cuando Cubango FC

Joo Constantino e Matias da Costa, no Cuito - 21 de Setembro, 2019

Secretrio-geral dos lees bieno assegura que vo meter melhor relvado nos prximos meses

Fotografia: Vigas da Purificao | Edies Novembro

O director-geral do Sporting Clube do Bié, Adolfo Ukuassapi, disse desconhecer a pretensão da equipa do Cuando Cubango FC em trocar de campo para treinos e realização de jogos oficiais na presente temporada futebolística, manifestada há dias, no Cuito, pelo treinador Albano César, que lamentou as constantes lesões no plantel, devido ao mau estado da relva e piso do estádio dos Eucaliptos. O dirigente leonino, cujo clube é o proprietário do estádio dos Eucaliptos, afirmou ao Jornal dos Desportos, que até ao momento não receberam da direcção do Cuando Cubango FC qualquer comunicado a formalizar tal pretensão. 

“Nós temos um convénio com a direcção do Cuando Cubando FC, em que cedemos o nosso estádio de futebol (Eucaliptos), para servir de treinos e jogos oficiais na presente temporada, principalmente para o Girabola Zap. Até manifestação em contrário, por escrito, nós desconhecemos essa pretensão apresentada à imprensa pelo treinador Albano César”, disse Adolfo Ukuassapi.

O director-geral do Sporting, no entanto, admitiu não ter o piso do campo a100 por cento, pelo facto de terem instalado um novo sistema de rega, o que fez com que se fizesse algumas perfurações no terreno.“Instalámos um novo sistema de rega no campo, um sistema de ponta, e acredito que, dentro de dois meses, teremos o melhor relvado num estádio de futebol no país. Por isso é que tivemos que fazer alguns furos na quadra de jogo”, justificou. 

O dirigente reconheceu que com o novo sistema de rega, inteligente, o campo já começa a ter a relva mais verde e compacta, e que será uma mais-valia para os atletas que a utilizarem.  “Reconhecemos que não tínhamos um bom relvado, mas o investimento feito está a dar resultado e teremos um melhor campo de futebol”, disse.

Por culpa da situação descrita pelo dirigente leonino, o Cuando Cubango FC tem sete atletas de baixa médica por lesão, causada pelo mau estado do campo de futebol dos Eucaliptos, o que deixa furioso o treinador Albano César.  “Não se trata somente do estado da relva, o que mais periga os nossos atletas é o próprio chão que constitui a quadra de jogo, que consideramos precisar de correcções para melhorias urgente\", disse o treinador em véspera do jogo passado, diante do 1º de Maio de Benguela, em que venceram por três bolas a uma.